Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

22 de out. de 2012

Dois homens foram presos após assaltar R$ 38.000,00 em Piritiba

Policias Civis da 16ª Coorpin sob a coordenação do Dr. Elvio Brandão, prenderam no final da tarde desta quinta-feira 18/10, Juliano Oliveira Amorim, 23 anos natural de Mundo Novo-BA e Cleiton de Oliveira Brito, 26 anos, natural de Salvador, conhecido como “Cabeça”, e um terceiro homem já identificado pela Polícia fugiu ao cerco policial e já esta sendo procurado.
Os mesmos em posse de arma de fogo entraram durante a madrugada desta quinta-feira18/10 na residência do comerciante, Adailton Gomes da Silva, 56 anos, conhecido como capitão, localizada na zona rural de Piritiba. Os mesmos após amarrarem a vitima e sua esposa exigiam uma certa quantia em dinheiro que estava no cofre, informados pela vitima que o dinheiro estaria na casa da sua irmã na zona urbana, enquanto um elemento permaneceu com a vitima outros dois se dirigiram a casa da irmã da vitima e fizeram mais duas pessoas como reféns e subtraíram a quantia de 38 mil reais.
Após tomar conhecimento do fato, Dr. Elvio Brandão designou duas equipes de policias da 16ª Coorpin para a cidade de Piritiba para apurar os fatos, foi quando em menos de 12 horas os dois elementos foram presos e um terceiro conseguiu fugir. Os policiais conseguiram recuperar 32 mil reais do dinheiro furtado e aprender uma arma calibre 32 utilizada no assalto.

Após a  apuração do crime, se descobriu que todo o assalto foi planejado por Juliano, ex-funcionário da vitima, e tinha conhecimento da movimentação financeira e onde poderia está guardado o dinheiro. "Juliano" que não tinha passagem pela policia e "Cabeça" que já cumpriu 6 anos e 2 meses por  tráfico de drogas, foram recambiado para a sede da 16ª Coorpin em Jacobina e autuados em flagrante delito pelo delegado plantonista Dr. Eduardo Brito, enquadrado no ART 157 do código penal brasileiro e estão a disposição da Justiça.

Moradores do bairro do Coqueiro vão a Embasa cobrar abastecimento de água, em Mairi.

Na tarde desta segunda-feira, 22 de outubro de 2012, cerca de 20 moradores do bairro do Coqueiro, na cidade de Mairi, foram a Embasa cobrar abastecimento de água. 
Há mais de 30 dias que as casas estão sem abastecimento. O chefe da Embasa está de férias. Os funcionários da empresa informaram que o problema no abastecimento ocorrido nos últimos dias foi provocado pela violação de adutora cometida por terceiros, o que provocou a diminuição da vazão de água.
Segundo os funcionários, a adutora foi quebrada várias vezes em algumas regiões. Moradores estão quebrando os canos para encher cacimbas e riachos para o gado beber a água. Por esse motivo, atrasou o abastecimento na cidade, principalmente no bairro do Coqueiro e outras ruas que ficam na parte alta. 
No Coqueiro são duas redes, sendo que uma tá abastecendo normal e a outra não. Os funcionários da Embasa informaram que já foi feita a manobra, mas pode demorar um pouco da água chegar até as residências, pelo motivo de ser um ponto alto, mas garante que se não cair água na noite desta segunda-feira (22), eles vão mandar um caminhão-pipa para abastecer os reservatórios dos moradores nesta terça-feira (23).
Segundo informações, existe um projeto feito há mais de 6 anos que tem como resolver o problema de abastecimento de água no Coqueiro, interligando a rede geral com a adutora de água tratada que passa a 300 metros do local, mas até agora o Embasa não fez esse entroncamento.
www.agmarrios.com.br

Homem vítima de atropelamento em Capim Grosso é transferido para o HGE


De acordo com relatos, Galego foi atropelado na região do Contorno de Jacobina.
Deu entrada na manhã deste sábado (20), no Hospital Nossa Senhora da Saúde, vítima de atropelamento, a pessoa de Edivaldo da Cunha Araújo, 47 anos, conhecido por Galego, residente no Bairro Água Nova.
De acordo com relatos, Galego foi atropelado na região do Contorno de Jacobina, quando o mesmo seguia para uma loja de material de construção, com o objetivo de efetuar o pagamento de uma porta. O motociclista não foi identificado por ter se evadido do local.
A vítima foi conduzida por populares à citada unidade de saúde e de lá transferida para o Hospital Geral do  Estado, na capital baiana, com suspeita de traumatismo craniano.
Texto: Arnaldo Silva, com informações do Hospital Nossa Senhora da Saúde.

Visita Online