Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

13 de dez de 2014

Moto é roubada na feira livre de Baixa Grande

O Jovem Geovane Sampaio, que mora do Km 4, teve sua moto furtada na manhã deste sábado, 13 de janeiro de 2014, na feira livre da cidade de Baixa Grande.

o jovem deixou a moto estacionado ao lado do mercado de farinha enquanto foi em uma barraca, quando retornou, não encontrou mais o seu veículo no local. Familiares estão postando fotos e informações do veículo do facebook pedindo apoio para tentar localizar a moto.

Fonte: Portal Bacia do Jacuipe

Leidiane Mota é eleita Miss Baixagrandense 2014

 A jovem Leidiane Mota foi eleita Miss Baixagrandense 2014 na categoria Juvenil, na noite desta sexta-feira, 12 de dezembro de 2014, em Baixa Grande.

O desfile foi realizado pela Rádio Comunitária Baixa Grande FM, com vinte e uma participantes, sendo 12 na categoria juvenil e 9 na categoria infantil, que teve como vencedora, Marcela Miranda de 10 anos.

O evento faz parte do calendário cultural 2014 da emissora, que conta ainda com Sarau da Baixa Grande FM, realizado no mês de janeiro a I edição e o Festival de Música, que aconteceu em maio em sua IV edição. Outro feito da emissora foi a Volta Ciclística, na qual já foram realizadas duas edições. 

Juvenil
1º Lugar - Leidiane Mota (Representando a loja Maria Bunita)
2º Lugar - Maria Lícia Almeida (Representando a loja Atual Variedades)
3º Lugar - Roberta Gonçalves (Representando a loja Ellos) 
Adna Rorigues (N Fashion)
Bruna Santos (Stylo Modas)
Diamile Barreto (Trakinus)
Gabriela Oliveira (Mamãe Coruja)
Hiles Barbosa (Dudu Modas)
Izabela Rosa Bela (Mai Modas)
Lilane Ribeiro (Lede Calçados)
Nathalia Souza (Thauanny Modas)
Raiara Mendes (Mania Center)

Imfantil
1º Lugar - Marcela Mariana Miranda (Representando a loja Ellos) 
2º Lugar - Julia Pamponet (Representando a loja Espaço Kids)
3º Lugar - Yndara Almeida Sampaio (Representando a Loja Espaço Kids)
Ana Beatriz Bela (Dudu Modas)
Ana Mayra Macedo (Mania Center)
Juliana Vitória (Atual Variedades)
Kauany Almeida (Thauanny Modas)
Maria Lis Rios (Mamãe Coruja)
Tauane Marinho de Jesus (Stylo Modas)

A Baixa Grande FM agradece as pessoas, comércios e instituições, pelo apoio. 

Relação de apoiadores:
Clube 5 de Março, Drinatur, Stúdio de Beleza Kdil, Academia JS Fitness, Clínica Prodent, Salão Star Bela, Edileusa Decorações, Supermercado Jiré, Professor Getúlio Queiroz, Vereador Judelson Queiroz, Loja N Fashion, Geovânia Formas e Fios, Padaria e Lacnhonete Estoryl, Farmácia Líder, Tony Cel, Loja Corbã, Patrícia Cabelereira, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Baixa Grande, Laíse Cabelereira, Móveis Carneiros, Super VM, Doce Mel, Loja Única, Marcenaria Lima e Instituto de Beleza Sara.

Fonte: www.baciadojacuipe.com.br
Por: Ediomário Catureba - Fotos: Marcelo Barbosa

É neste domingo (14) a 5ª Cavalgada de Capoeira do milho -Várzea da Roça BA


Jovens coiteenses fabricam instrumentos com flecha de sisal; músico paulista visita local do projeto

O Projeto “O Som do Sisal” consiste na realização de oficinas de construção de instrumentos e iniciação musical e prevê apresentações artísticas dos alunos como resultado final das atividades.
OFICINAS DE M+ÜSICAS (1)
Jovens do projeto em aula.
Se em outros tempos os jovens deixavam a escola para correr riscos de mutilações ao som do motor de sisal, no duro trabalho do campo, hoje uma proposta inédita começa a extrair novos sons no semiárido baiano, para além dos sons do motor paraibano. Trata-se de um projeto inovador e criativo que faz de oficinas de música e construção de instrumentos musicais com material extraído da planta símbolo da região, o sisal, uma nova forma de geração de valores culturais, sociais e econômicos.
OFICINAS DE M+ÜSICAS (6)
‘Som do Sisal’ inova a forma e o estilo dos instrumentos de corda.
Este projeto, intitulado de “O Som do Sisal”, despertou a atenção do renomado músico e luthier de São Paulo, Fernando Sardo, que se deslocou até Conceição do Coité, cidade do semiárido baiano e sede do projeto, para conhecer o processo de construção de instrumentos musicais a partir do sisal. Músico multi – instrumentista, compositor, artista-plastico, luthier  (profissional que fabrica instrumentos) e artista educador, Fernando constrói instrumentos, esculturas sonoras e instalações musicais que podem ser encontradas em diversos parques e espaços culturais no Brasil e no exterior.
lutier
Fernando Sardo: músico multi – instrumentista, compositor, artista-plastico, luthier e artista educador.
Na semana passada, mesmo período que a orquestra coiteense retornava da Europa, ele foi conhecer de perto o espaço onde funciona há mais de um ano um pequeno laboratório de construção de instrumentos musicais. O que o atraiu foi o diferencial do projeto, que utiliza matérias primas alternativas para a confecção de instrumentos, os resíduos e partes da planta (flecha do sisal) que não aproveitadas na atividade industrial. Durante a visita, o paulistano ministrou oficinas de luteria a um grupo de jovens, tendo em vista o aprimoramento dos instrumentos já criados pelos mesmos, como: violinhas, cavaquinhos e rabecas.
OFICINAS DE CONSTRU+ç+âO DE INSTRUMENTOS (3)
A flecha do sisal é a principal matéria prima do processo de fabricação.
A flecha do sisal, ou ainda haste ou madeira do sisal, é a principal matéria-prima utilizada na construção destes instrumentos. Ela é encontrada em abundância não só em Conceição do Coité, mas em toda a região circunvizinha, devido ao fato de que a economia local, historicamente gira em torno da produção da fibra vegetal oriunda da Agave sisalana.

O idealizador do projeto é o músico autodidata Josevaldo Silva. Com apenas 26 anos, Nim, como também é conhecido popularmente, é Maestro da Orquestra Santo Antônio, e já conta no seu histórico artístico cultural com diversas experiências em desenvolvimento de projetos sempre de caráter inovador.
OFICINAS DE CONSTRU+ç+âO DE INSTRUMENTOS (7)
O idealizador do projeto é o músico autoditada Josevaldo Silva (esquerda). Ele é o Maestro da Orquestra Santo Antônio.
Josevaldo comenta que o projeto “O Som do Sisal” é uma proposta inovadora que engloba as esferas cultural, socioeconômica e da sustentabilidade, ou seja, agrega valor simbólico a forma de sobrevivência na região do sisal. “O território do sisal tem uma diversidade cultural muito rica e extensa, a música é parte muito importante dessa composição. Ainda não encontramos relatos de instrumentos musicais construídos com partes da planta do sisal, portanto, quem sabe não estamos inventando algo que pode ficar marcado na história do nosso povo e principalmente oportunizar cada vez mais jovens a produzir música com sisal e tirar um sustento de forma mais digna.” afirmou.

O Projeto “O Som do Sisal” consiste na realização de oficinas de construção de instrumentos e iniciação musical e prevê apresentações artísticas dos alunos como resultado final das atividades. As ações contemplam, além de Conceição do Coité, os municípios de Valente e Santa Luz, todas integrantes do polo industrial do sisal. O projeto foi viabilizado através da aprovação no edital 22/2014 – Territórios Culturais, do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, uma parceria entre a Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia.

Assessoria do Projeto Som do Sisal/Fotos Robson di Almeida

Casa Lotérica foi Assaltada em Várzea da Roça

A Casa Lotérica da cidade de Várzea da Roça, localizada na Rua Leone Rios, foi assaltada na manhã de sábado, 13 de dezembro de 2014.

De acordo com informações de populares, dois elementos armados, sendo que um estava usando capacete na cabeça e o outro apenas de boné, chegaram em uma moto e realizaram o assalto. 

A ação dos assaltantes obrigou o proprietário entregar o dinheiro. O elemento levou uma quantidade ainda não divulgada. Logo após, a polícia foi acionada e diligências estão sendo realizadas no sentido de prender os elementos.

Aguardem mais informações...

Fonte: Foguinho Eventos

Visita Online