Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

22 de jun. de 2011

Medica morta em acidente na Paralela trabalhava em Capim Grosso

O corpo da médica Juliana Lapa de Oliveira, 35 anos, foi liberado do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues na tarde desta terça-feira (22) e encaminhado para o Cemitério Jardim da Saudade. O enterro deve ocorrer às 11h desta quarta-feira (23).
Juliana foi vítima fatal de um acidente de trânsito na noite de segunda na Avenida Paralela. Ela tinha acabado de levar a mãe ao aeroporto, quando seu veículo colidiu com um coletivo.

O Citroen C3 conduzido por Juliana bateu no fundo de um ônibus por volta das 22h30 de ontem, no sentido Centro. O veículo ficou preso debaixo do coletivo da empresa Ondina.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o Hospital Menandro de Farias, na Região Metropolitana de Salvador. A solicitação para a liberação do corpo do hospital para o Instituto Médico Legal (IML), foi feito por volta das 2h da madrugada desta quarta.

Trabalhava em Capim Grosso


A médica Juliana Lapa de Oliveira, de 35 anos, trabalhava no Posto de Saúde da Família (PSF) do bairro Novo Oeste, em Capim Grosso, município localizado na região de Jacobina.
No dia da morte, ela tinha acabado de deixar a mãe no aeroporto quando bateu o seu carro no fundo de um ônibus, por volta das 22h30, no sentido centro. Uma parte do veículo ficou presa debaixo do coletivo da empresa Ondina.

A apuração do acidente ficará sob investigação da 10ª Delegacia, em Pau da Lima.

Fonte. Interior da Bahia

Visita Online