Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

6 de abr. de 2018

Prefeito Dr. Nei esclarece a situação fiscal da Prefeitura e Vereadores aprovam por unanimidade reajuste salarial para servidores municipais, na 1ª Sessão do Projeto Câmara Itinerante

O Povoado de Ipiraí recebeu nesta quinta-feira (05), a primeira Sessão Ordinária do Projeto Câmara Itinerante. A iniciativa do Presidente da Casa, o Vereador Marcelo de Ipiraí, tem como objetivo proporcionar maior participação popular nas sessões da casa, além da interiorização do Poder Legislativo, de suas atividades e interação com a comunidade.
Com Plenário lotado, o Presidente da Casa deu início a Sessão abrindo espaço para os presentes se manifestarem, na sequência convidou o Presidente da Associação Comunitária de Ipiraí, Márcio Welington, que externou a alegria da Comunidade em receber o projeto. ‘’ Em nome da Comunidade quero agradecer a iniciativa. Sei que o presidente sonhava com esse momento desde 2005 e hoje está se concretizando graças a Deus e a todos os demais vereadores que votaram unanimemente. Quero agradecer ao Prefeito Dr. Nei por mais uma vez ter nos atendido e ter resposto as lâmpadas no nosso Povoado. Sabemos do seu compromisso e que tem feito milagres com os poucos recursos destinados a Prefeitura, disse Márcio.

Na sequência os vereadores da oposição, Ticha, Nei da Capelinha e Jamily fizeram uso da tribuna e cobraram do executivo algumas demandas que já estão sendo solucionadas, como é o caso da iluminação pública e contenção de despesas. 
O Prefeito Dr. Nei que estava presente fez questão de responder e explicar aos parlamentares da oposição e aos presentes a situação fiscal que vive hoje o município de Capela e as medidas que o executivo vem tomando para conseguir manter os salários em dia e investir na cidade. ‘’ Acho pertinente as cobranças dos vereadores, porém para que elas sejam efetuadas precisamos promover a liquidar débitos e organizar as contas municipais, para isso, as medidas estão sendo tomadas. A vereadora falou aqui do contrato do carro do gabinete, quero deixar claro mais uma vez que todo processo foi realizado dentro da Lei e seguiu o princípio do menor preço. Foi apresentado várias empresas e venceu quem ofertou o menor preço dentro do carro que a Prefeitura estava procurando.’’. O Prefeito ainda falou que os contratos citados pela vereadora tiveram supressão de 25%. ‘’ Todos os contratos estão sendo revisados, o citado pela vereadora mesmo teve supressão de 25%. As empresas que por acaso venham não aceitar, iremos abrir um novo processo licitatório’’, disse. Leia mais

Visita Online