Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

27 de fev. de 2013

Tentativa de homicídio no centro de Baixa Grande.


O jovem de prenome Ecto, conhecido como Dendê, escapou de uma tentativa de homicídio na tarde desta quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013, no centro da cidade de Baixa Grande-BA.

Tentaram alvejar o jovem com disparos de arma de fogo na rua Cosme de Farias, localizada na parte de traz do Hospital Maternidade de Baixa Grande, município localizado a 250 km de Salvador.

De acordo com informações de populares, a tentativa foi praticada por dois homens que se aproximaram da vítima atirando, antes mesmo que ela tivesse chances de defesa, por pouco a ação não se concretizou. Os suspeitos utilizaram durante a ação uma moto de cor preta que não teve a placa anotada.

Fonte: Acorda Baixa Grande. Por Laurivan Silva.

Implantação de adutora para abastecer Jacobina está em fase final


Adutora passando pelo Rio Caém, em Caém - BA.
Água da Barragem de Pindobaçu. Esta é a solução emergencial para garantir a continuidade do serviço de abastecimento de água de Jacobina, município no norte baiano, a 330 km de Salvador, que sofre os efeitos da severa estiagem que dura desde março do ano passado e tem baixado o volume acumulado dos mananciais da região, inviabilizando a produção de água tratada em quantidade suficiente para atender a população. A Embasa está concluindo a implantação de uma adutora de 9 km de extensão e a construção de quatro estações de bombeamento para levar cerca de 120 litros por segundo de água bruta da Barragem de Pindobaçu até a estação de tratamento de água que atende Jacobina. A obra será concluída até o final de março.

A adutora para atender Jacobina integra o projeto de implantação de um sistema integrado de abastecimento de água para abastecer as sedes de Jacobina, Saúde e Caém, além de várias localidades da região, uma obra do Programa Água para Todos que conta com R$ 42 milhões provenientes de recursos federais e próprios da Embasa. Esta etapa emergencial representa um custo de R$ 5 milhões.

Atualmente, Jacobina depende, principalmente, das barragens do Itapicuruzinho, com aproximadamente 30% de sua capacidade total, e de Cachoeira Grande, que encontra-se com apenas 15%. As barragens do Cuia, cedida pela Jacobina Mineração e Comércio, e do Rio do Ouro, de pouco volume acumulado, reforçam o abastecimento do município.

Segundo o gerente da Unidade Regional da Embasa de Senhor do Bonfim, Vinícius Araújo, a seca atual tem sido a mais severa desde 1932. Porém, em função de obras estruturantes realizadas nos últimos anos pelo Governo do Estado, os efeitos são menores. “Se obras importantes não tivessem sido executadas, como a adutora que leva água da Barragem de Cachoeira Grande para Jacobina, em 2009, a população local, hoje, estaria completamente desabastecida”, exemplifica o gestor. Para Vinícius, a implantação da Adutora de Pindobaçu é a solução mais confiável para o abastecimento de Jacobina e região.

 Obra

O Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) Jacobina, Saúde, Caém e outras localidades prevê investimento de 42 milhões e possui, em sua totalidade, 60 km de adutora. Destes, 58,5 km já foram assentados. Por causa do distrato entre a Embasa e a empresa que realizou o serviço inicial, a obra foi paralisada, sendo retomada de forma emergencial em duas etapas, a primeira para abastecer a cidade de Saúde, a segunda para abastecer Jacobina. Após esta última, uma nova etapa será realizada, compreendendo a conclusão da Estação de Tratamento de Água e Lodo em Pindobaçu, a execução de derivação da adutora principal para povoados, além de rede de distribuição e ligações domiciliares.
Estação Elevatória de Água  II, em Saúde.
Estação Elevatória de Água de Caém.2. Em construção.

Três pessoas de Ipirá morrem em acidente com caminhão na BA-052


Três pessoas de uma mesma família, mãe, filha e sobrinho morreram em uma colisão frontal entre um caminhão tanque de  combustíveis e um carro de  passeio no inicio da tarde desta terça-feira (26), no Km 36, da BA-052, próximo ao município de Serra Preta. As vitimas foram Núbia Lima Galvão, 53 anos,  Ana Ludimila Lima Galvão, 32 anos e  Ariel da Silva Lima, de 14 anos todos de Ipirá. Houve uma colisão frontal entre o Palio de Placa JRY-9571-Ipirá-Ba e o caminhão tanque vazio, utilizado para transporte de combustível, de Placa JPW-6120 -Xique Xique-BA.

Segundo  policiais de Serra Preta, que ajudaram na remoção dos corpos, o caminhão seguia sentido Feira de Santana, quando saiu para ultrapassar outro veiculo em local proibido, perdendo o controle da direção e batendo de frente com o Palio, que era conduzido pela fisioterapeuta Ana Ludmila que seguia sentido Ipirá.

Os corpos ficaram presos  nas ferragens e o foram retirados pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao  (DPT) de Feira de Santana. O caminhão foi abandonado na rodovia pelo motorista que evadiu- se do local. Os corpos estão sendo velados  na casa da família Galvão, Bairro Tamburi, em Ipirá.

O sepultamento está previsto para acontecer hoje (27) ás 10h, no Cemitério local, aos cuidados do PAF São Paulo.
Por Cristina Cilarino/ Fotos de Gleidson Santos.

Carroceiros começam a vender água para a população de Senhor do Bonfim


O abastecimento precário na cidade de Senhor do Bonfim, fez ressurgir as antigas carroças que vendem água na cidade. O cenário de caos decretado em algumas localidades que não estão recebendo o liquido pela tubulação da Empresa Baiana de Água e Saneamento EMBASA, vem obrigando a população a comprar água de caminhões- pipa, e agora de carroças puxada por um burro.

O carroceiro Renato Firmo da Silva, 60 anos, sabe que o seu serviço serve para amenizar a situação, mas não resolve. “Isso é um “quebra galho”, uma pequena ajuda enquanto o povo não tiver recebendo água suficiente” Disse o carroceiro que vende água transportada em um tambor de ferro com 300 litros de capacidade por R$ 30,00.

Fonte: Falandotudo.com

Mulher morre após ser brutalmente esfaqueada pelo filho, em Caldeirão Grande.


Deu entrada na noite desta terça-feira (26), na Unidade de Pronto Atendimento de Capim Grosso (UPA), a senhora Celinalva Oliveira Gomes, de 47 anos, residente no km 30, município de Caldeirão Grande.

Segundo informações colhidas no local, o crime foi praticado pelo filho, José Carlos Oliveira, que sofre de transtornos mentais. O pai do jovem diz não saber o porquê do acontecimento “apesar de tomar remédios controlados, José Carlos parecia bem calmo desde que chegou de São Paulo”, disse. 

A polícia foi chamada e prendeu o rapaz com a arma do crime. A mulher não resistiu aos ferimentos e chegou a óbito na citada unidade hospitalar.

Texto: FR Noticias

Visita Online