Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

26 de mai. de 2011

Prefeito interdita campo porque não deixaram ele cobrar um penalte


Este é o "Vieirão", belo estádio de Marisópoles, aqui perto de Sousa, interditado pelo prefeito Zé Vieira por pura pirraça. É que Zé, dono do time de futebol da cidade, exige jogar com a camisa dez, mesmo sendo um perna de pau. E só quem cobra penalidade é ele. Dia desses, durante importante partida, penalte marcado, lá vai Zé com a dez para a cobrança.
O resto do time se juntou e impediu que ele o fizesse. Zé, com raiva, interditou o campo alegando que ia fazer reforma no local, mas na verdade agiu assim como reprimenda, já que administra o municipio como um coronel, sem admitir ser contrariado.
Em Sousa e região todos falam daquela famosa partida entre os veteranos do Flamengo e os veteranos do sertão. Zé pagou as despesas, mas exigiu a dez. Levou dois onibus lotados de torcedores e toda vez que pegava na bola, a torcida gritava seu nome. E Zé parava, botava o pé em cima da redonda e acenava para a multidão.
O Bonitão que vos fala foi ver o campo de perto. Não tem reforma nenhuma acontecendo. Pela foto, tirada na ocasião da visita, dá pra notar que o campo está tinindo de novo e que a interdição foi apenas um capricho do prefeito Zé.

Blog do Tião Lucena

Baixa Grande – Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Baixa Grande inicia projeto Renasce Viração

Na noite do ultimo sábado, 21 de maio de 2011, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Baixa Grade, realizou uma noite cultural no Povoado de Viração, o evento contou com sambadores, grupo de forró Fogo Ardente e grupo de rodas de mulheres.

Este é início do projeto Renasce Viração, com o grupo capelinha de São João, o projeto ganhou um Edital do BNB, com o objetivo de resgatar a cultura do Povoado de Viração.


Fonte:www.baciadojacuipe.com.br
Por: Ediomário Catureba

BR-407 Mairí a Baixa Grande um perigo para os motoristas

Pelo que podemos ver a rodovia nem se quer tem a sinalização que divide em mão direita e esquerda.
Como podem ver as condições perigosas do treçho da rodovia BR-407 entre as cidades de Mairí e Baixa Grande.

Além da falta de acostamento,via estreito e com buracos,o mato alto dificulta a visão dos condutores que precisam diminuir a velocidade e redobrar a atenção.

A via é repleta de curvas acentuadas que por conta do mato muito alto deixa os condutores completamente sem visão do que virá pela frente.

Não bastasse buracos e falta de acostamento,há um trecho da BR que tem constante falta de sinalização.
Vários acidentes já aconteçeram nesta rodovia,onde as condições da pista favoreçeram.

10 de Março de 2011-Uma carreta bi-trem, de placa NLK-6645, da cidade de Cristalina-GO, virou carregada de milho, na BR 407, estrada que liga a cidade de Baixa Grande a Mairi, na localidade conhecida por curva do sebo, próximo à cidade de Mairi, por volta das 3 horas da madrugada desta quarta-feira, dia 09 de março e o motorista Manser Antonio San Martin morreu na hora.
Fonte: Adailton Silva

Crime bárbaro – População de Pé de Serra vai às ruas clamar por justiça

Milhares de pedeserrenses realizaram a passeta para chamar a atenção das autoridades em relação ao alto indice de violência no município.


Moradores do município de Pé de Serra, realizaram no meio da tarde de quarta-feira (25), uma caminhada para cobrar apuração e justiça na morte do casal de jovens, Fernando de Oliveira, de 19 anos (completaria 20 no próximo sábado) e Lucivânia Lima Lopes, de 21 anos, encontrados carbonizados dentro do porta-malas do veículo Siena, p/p JSE-1091, licença de Salvador, de propriedade do pai do jovem.

A caminhada saiu ás 16h da Rua Dioclécio Roque de Menezes, onde mora os pais de Fernando e seguiu para o centro da cidade, passando inicialmente pela Câmara de Vereadores, onde houve a primeira parada. Os manifestantes, portanto cartazes pediram aos vereadores para que não fossem omissos diante da situação de violência que vem causando medo aos habitantes do município.
A segunda parada foi em frente do Fórum, quando protestaram contra a falta de juiz e promotor. Entoando palavras de ordens, eles diziam que não queriam autoridades do judiciário substituto e sim permanente. Cartazes denunciavam que em um ano houve sete homicídios no município e todos com autorias desconhecidas.

Momento de muita emoção
– Ás 17h a caminhada chegava a Praça da Matriz e em frente à Igreja Católica, a mãe de Fernando, Dalvacy de Oliveira, fez um apelo que emocionou a todos e disse que queria saber quem fez a perversidade com filho, que era bom e querido por todos. “Vocês não têm noção da dor de uma mãe neste momento. Sabe eu e a mãe de Vânia”, falou Dalvacy ao lado do esposo Benedito.
Sob o som da música “Canção da América”, de Milton Nascimento, os manifestantes foram até a Delegacia, que após trinta dias, teve as portas abertas por alguns instantes, antes da chegada dos manifestantes. Uma das coordenadoras do movimento, professora Tânia Maria, com muita determinação fez um apelo ao governador Jaques Wagner, para que olhasse com mais atenção para segurança do município, pois hoje a dor é do povo de Pé de Serra e amanhã, outros poderão passar por esta situação.

Ela disse que votou no governador para sua reeleição e bate um arrependimento pela falta de atenção com seu município, que considerou o melhor lugar do mundo. Evangélica, professora Tânia fez uma oração fervorosa pedindo para que Deus afastasse os espíritos ruins que estão trazendo intranquilidades para as famílias. “Governador respeite Pé de Serra. O Governo esta dormindo. Acorde governador” falou em voz alta a professora após a oração.
Abraço da paz – Ao chegar de volta a Praça da Matriz, os participantes do movimento fizeram o abraço da quadra, no centro da Praça, rezaram o Pai Nosso e soltaram vários bolões brancos, simbolizando a paz.
Vítimas da violência

O funcionário público e cadeirante Pedro Paulo, 29 anos, fez a leitura do salmo 91. Residente na Praça Ruy Barbosa, 91, Paulo estava trabalhando como vigilante da Secretaria de Ação Social no dia 07 de dezembro de 2009, quando dois homens chegaram em uma moto e disparam oito tiros a queima roupa, sendo alvejado por seis, sendo que três ficaram alojados na coluna.
Helena Martins Silva, 67 anos, se aproximou da equipe do CN e disse que seu irmão, Gervásio Coelho da Silva, foi assassinado há 13 anos e até hoje a autoria é desconhecida.

Pai de Fernando disse que não tem dúvida que Deus vai dá um jeito para ele enfrentar essa situação dificil
O comerciante Benedito Raimundo, pai de Fernando, pediu que as pessoas denunciasse através do telefone 75-3264.2022, do disk denúncia e dessem informações que ajudasse a desvendar este crime. “Não vamos nos calar. É necessário ajudar a polícia com as informações. Tudo será guardado em sigilo”, apelou. Questionado pelo CN quanto ao sepultamento do filho, ele disse que, pela previsão do IML, os corpos serão liberados dentro de um prazo de noventa dias, quando sairá o resultado do DNA, para identificar o corpo de Fernando e da Vânia, pois foram totalmente carbonizados.

Disk denúncias
– Quatro pessoas já foram ouvidas pelo delegado Carlos Baqueiro, responsável pelo inquérito e segundo ele, todas elas foram localizadas através do disk denúncia e em situações que fazem ligações com as vitimas, “porém até o momento, nada que pudesse esclarecer o caso e identificar os autores do crime”, disse o delegado.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pé de Serra, Lauriano Santos Carneiro, sugeriu no fim do evento a criação de uma comissão para ir ao governador expor toda esta situação e buscar providências para a questão da segurança.

Entenda o caso que abalou Pé de Serra –
O município de Pé de Serra, localizado no Território do Sisal, “parou”, desde ás 16h de segunda-feira (23), quando chegou a notícia que os corpos de Fernando e Vânia foram encontrados carbonizados á 03 km da sede. A partir daquele momento a cidade parou, o comércio fechou as portas, as escolas suspenderam as aulas  e estão sem funcionar desde segunda-feira. Este é assunto e a lamentação de toda uma comunidade composta por quase 14 mil pessoas, que vivem o mesmo sofrimento, e falta disposição para “tocar a vida”.

O que aconteceu até o desaparecimento dos jovens
– Fernando de Oliveira, mora com os pais na Rua Dioclécio Roque de Menezes, próximo ao centro da cidade. Ele saiu da casa  por volta das 21h de domingo para levar sua tia Vera Lúcia Carneiro até a residência, deixando na Praça da Matriz.
Até ás 22h, ele foi visto na Praça passeando com o carro do pai com baixa velocidade. Está informação foi prestada ao CN pelo subcomandante da Guarda municipal, Romiro Oliveira Vieira. “Neste momento, ele estava sozinho e dirigia o carro do pai bem devagar. Depois deste momento, não vimos mais”, contou Vieira.

No outro lado da cidade, mais precisamente na Rua João Campos, onde mora Dona Eunice Paulina de Araújo, 69 anos, Lucivânia Lima Lopes, que já estava deitada, recebia uma ligação e sem muita explicação, levantou, lavou o rosto, foi até a casa vizinha onde moram seus pais, retornou em seguida, ficou por alguns minutos com os braços cruzados encostada numa parede, depois resolveu sair sem dizer para onde ia e não mais voltou.
Quem contou está história foi à aposentada Eunice Paulina, avó de Vânia, como era conhecida Lucivânia Lopes.  Ele disse também que a neta gostava de festa, mais não tinha hábito de passar a noite fora de casa e que ficou feliz ao chegar da igreja Congregação Cristã de Brasil e encontrar a neta deitada, der repente, sem muita explicação, levantou e saiu de casa.
Agora o que todos querem saber foi que aconteceu com Fernando e Vânia. Todos apelam por justiça, esclarecimento do caso e punição para os autores desta barbaridade.
Por: Valdemí de Assis / fotos: Raimundo Mascarenhas

Calila Noticias

Posto de gasolina vende litro por R$1,31 em protesto a alta de impostos

Hoje é o Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte e da Liberdade de Impostos, e várias cidades estão fazendo manifestações em protesto a alta carga tributária brasileira.

Na Bahia, a mobilização está sendo organizada pela Associação dos Jovens Empreendedores (AJE). Em Salvador, o Posto de Combustíveis Gameleira Ltda que fica localizado na BR 324, em Pirajá, está vendendo gasolina a R$1,31 o litro.

O posto está dispondo de 3 mil litros de gasolina para vender sem os custos dos impostos, com preço reduzido em mais de 50%. No caso da gasolina, os impostos são CIDE, PIS, COFIS e ICMS (retidos na fonte). A venda com preço reduzido será no período de 9 às 12 horas ou até o estoque acabar. Haverá limite para o abastecimento, os carros poderão abastecer até R$ 20,00 e motos até R$ 10,00.

O objetivo da manifestação é fazer a população ter conhecimento da formação de custo em cada produto e quanto está pagando de impostos. De acordo com o presidente do Sindicombustíveis Bahia, José Augusto Costa, os impostos são responsáveis por mais da metade do custo gasolina. Este é o segundo ano que os postos de combustíveis participam do Dia Nacional do Respeito ao Contribuinte.

Fonte. Correio da Bahia

Lei contra pichação barra venda de spray a adolescentes

A presidente Dilma Rousseff sancionou a Lei 12.408, que proíbe a comercialização de tintas em embalagens do tipo aerossol a menores de 18 anos. Segundo a lei, o produto só poderá ser vendido no País a maiores de idade, mediante a apresentação do documento de identidade.

O parágrafo único da lei diz que "toda nota fiscal lançada sobre a venda desse produto deve possuir identificação do comprador".

As embalagens desse tipo de produto também deverão conter, de forma legível e destacada, as expressões: "Pichação é crime (Art. 65 da Lei nº 9.605/98). Proibida a venda a menores de 18 anos". Os fabricantes, importadores ou distribuidores dos produtos terão 180 dias, após a regulamentação da lei, para fazer as alterações nas embalagens. Somente os produtos envasados dentro desse prazo poderão permanecer com seus rótulos sem as modificações estabelecidas, podendo ser comercializados até o final do prazo de sua validade.

O descumprimento da lei sancionada sujeitará o infrator às sanções previstas na Lei 9.605, que "dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente". Pela lei, o ato de pichar ou por outro meio conspurcar (sujar, manchar) edificação ou monumento urbano, leva a uma pena de detenção de três meses a um ano e multa. Se o ato for em monumento ou coisa tombada em virtude do seu valor artístico, arqueológico ou histórico, a pena será de seis meses a um ano de detenção e multa.

Fonte. Jornal a tarde

Colisão entre F-Ka e Águia Branca mata técnico do INSS e mais três na BR-101

O trágico acidente aconteceu por volta das 03h30 da madrugada desta quarta-feira (25), na conhecida curva da Sican, rodovia BR-101, na zona urbana de Itamaraju, envolvendo um ônibus da Viação Águia Branca e um Ford Ka.
O motorista do ônibus, José Henrique Freitas, de 46 anos de idade e 13 anos trabalhando na empresa de transporte de passageiros, relatou que tudo foi muito rápido. “Seguia em direção Teixeira de Freitas e nesse período a visibilidade é prejudicada pela intensa cerração. Estava em baixa velocidade e quando rapidamente o Ford Ka chocou na frente do ônibus”, disse.

O motorista do Ford Ka, que tinha apenas seis dias de comprado, Alisson Lima da Silva, de 33 anos de idade, natural de Itabuna, mas morador da rua Marechal Mascarenhas de Morais, bairro Santo Antonio do Monte, em Itamaraju, morreu na hora esmagado entre as ferragens.
Também morreram esmagadas dentro do Ford Ka, que ficou completamente destruído, mais três mulheres, sendo Maíra Messias dos Santos, de 20 anos, Leila Santos Lima, a “Leilinha”, 20 anos de idade, ambas moradoras do bairro Cristo Redentor, região oeste de Itamaraju, além de uma quarta moça que ainda não foi identificada.

Segundo as últimas informações, Alisson estaria em um bar localizado no bairro Corujão, região sul de Itamaraju, e quando retornava em direção ao centro da cidade, teria dado carona para as três mulheres que estavam às margens da rodovia BR-101, aguardando condução.

O impacto foi tão violento, que o Ford Ka com as quatro vítimas dentro, teve que ser levado num caminhão guincho para um outro local, onde as ferragens do veículo foram cortadas, para que houvesse condição de retirada dos corpos.

Fonte. Interior da Bahia

Reunião ADEM- APLB dia 28 de maio

Saudações Sindicais,
A Diretoria Executiva da ADEM/APLB-Sindicato convida os professores para uma reunião no dia 28 de maio (sábado) de 2011 às 9h00 no Salão do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Mairi.
Contamos com sua Participação.
Atenciosamente,

Marcelo Santos Freitas
 Diretor de Núcleo
ADEM–APLB/Sindicato
Fonte: Agmar Rios

Visita Online