Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

13 de mar. de 2020

Jacobina investiga dois casos sintomáticos sob suspeita de coronavírus

A Secretaria de Saúde de Jacobina informou que monitora dois casos suspeitos do novo coronavírus (covid-19) no município.

A secretária de Saúde, Mariana Rocha Valois, afirmou  ao Jacobina 24 Horas que os pacientes receberam os primeiros atendimentos e que já foram coletadas amostras para exames e confirmação se, de fato, eles estão com o vírus.
Um desses pacientes é um funcionário da Yamana Gold que estava em viagem ao Canadá e, ao retornar à Jacobina, teria apresentado sintomas  semelhantes ao do coronavírus.
“Os pacientes receberam os primeiros atendimentos e já coletaram amostras que serão examinadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA).  A Secretaria de Saúde  está adotando as medidas previstas no Plano de Contingência para o Covid-19 no estado, elaborado em conformidade com o Plano de Contingência Nacional e Gestão de Riscos”,  afirma a secretária.
“A Vigilância Epidemiológica de Jacobina está totalmente em alerta e acompanhando esses dois casos, através de um Comitê de Gerenciamento de Crises, inclusive já fizemos treinamentos de todas as equipes de Atenção Básica, hospitalar, incluindo a rede privada de saúde do município, para ter um diagnóstico e conduta adequados”, acrescenta Mariana Valois.
“Vale ressaltar a população de Jacobina que não precisa entrar em pânico, pois todos os casos são alóctones, ou seja, casos importados de outras regiões, sendo pacientes com histórico de viagens internacionais”, conclui a secretária.

A secretária de Saúde de Jacobina, Mariana Valois, afirma que a população não precisa entrar em pânico, e que todas as medias estão tomadas através do Comitê de Gerenciamento de Crises

Nesta quinta-feira (12), a Coordenadora do Núcleo Centro Norte, Kátia Alves, esteve em Salvador, onde se reuniu com técnicos da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde do Estado da Bahia (Suvisa) e da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVEP) para tratar de casos suspeitos de coronavírus em Jacobina e Irecê.
“Fizemos as investigações, as coletas do material dos casos suspeitos e contatos, com as orientações de cuidados de proteção e isolamento das pessoas.  Nos reunimos  no Núcleo com os profissionais da empresa e das secretarias municipais de Jacobina e Irecê.  Agora, estamos  os resultados do Lacen, para emitirmos parecer e informações mais precisas. A Secretaria de Saúde do Estado está atenta”, afirma Kátia Alves.
Kátia Alves, Coordenadora do Núcleo Centro Norte, afirma que está aguardando os resultados do Lacen-BA
Em comunicado à imprensa, a  Jacobina Mineração e Comércio  afirmou que “um empregado apresentou sintomas de tosse e foi encaminhado a uma unidade médica para ser avaliado e realizar os devidos exames. A medida preventiva foi tomada, uma vez que o empregado havia retornado do Canadá recentemente. O médico do trabalho da empresa, responsável pela avaliação, informou que o empregado está bem e que os exames realizados não apresentaram nenhuma alteração. De toda forma, seguindo o procedimento interno da empresa, a Vigilância Epidemiológica de Jacobina foi comunicada e os protocolos do Ministério da Saúde estão sendo seguidos”.
“A empresa ressalta que está monitorando de perto o surto mundial do novo Coronavírus (COVID-19) e fornecendo atualizações regulares aos empregados e familiares, bem como orientações sobre as melhores medidas de proteção. Seguindo procedimento interno, a empresa está encaminhando para avaliação médica qualquer empregado que apresente sintomas de gripe. Como medida preventiva adicional, foi implementada uma proibição temporária de viagens para países com altas taxas de transmissão do COVID-19 e banidas completamente todas as viagens não essenciais. Isto inclui viagens não essenciais entre o escritório da empresa, em Toronto, e as operações e escritórios regionais e entre as próprias operações”, acrescenta.
“A segurança e a saúde dos nossos empregados, da comunidade e todas as partes interessadas é a nossa principal prioridade. A empresa está em contato regular com consultores médicos e de viagens especializados para garantir o emprego das melhores práticas de prevenção ao vírus, além das autoridades locais nas áreas onde opera para garantir total transparência e servir como um recurso se e quando o apoio se fizer necessário”, conclui a nota.

Informações Jacobina24horas

Micareta de Feira 2020 é adiada por tempo indeterminado, confirma prefeito Colbert Martins


A Micareta de Feira de Santana 2020 foi adiada por tempo indeterminado. O anúncio foi feito pelo prefeito Colbert Martins Filho em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (13), no auditório da Secretaria Municipal de Saúde. O promotor de Justiça Audo Rodrigues estava presente na coletiva, além de outras autoridades, e leu o decreto que adia a festa que seria realizada de 23 a 26 de abril.


“Estamos decretando uma situação excepcional em Feira de Santana com relação aos eventos festivos na cidade e eventos de massa. Faltam 40 dias para a Micareta e estamos adiando a Micareta. Estamos tratando de transmissão de vírus em eventos. É um decreto emergencial que afetará nossa cidade em todos os segmentos (...) Várias unidades estão suspendendo cirurgias eletivas”, declarou o prefeito.
Fonte Acorda Cidade

Visita Online