Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

15 de ago. de 2019

Exporural dá 1º lugar a dorper de beneficiário do Bahia Produtiva em Várzea da Roça

O agricultor  e Produtor de ovinos, Demilton Santana, da comunidade Capoeira do Milho, município de Várzea da Roça, Território de Identidade Bacia do Jacuípe, teve dois de seus animais, ovinos da raça dorper, premiados durante concurso realizado nesta quarta-feira (14), no Parque de Exposições de Salvador, durante a realização da 20ª edição da Exporural.

Foram premiados o macho, em 1º lugar, e a fêmea, em 3º lugar, no concurso realizado pela Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia (Accoba), do melhor animal da raça dorper. Melhor desempenho reprodutivo e desenvolvimento precoce dos animais estão entre os critérios de avaliação dos jurados. O objetivo é selecionar animais puros de origem (PO), que melhor atendam às expectativas do mercado consumidor, cada vez mais exigente.

“Mostrar nossos animais na Exporural e participar do concurso é a realização de um sonho nosso, não só meu, mas de toda a comunidade, e isso tudo veio por meio do incentivo do Governo do Estado, com o projeto Bahia Produtiva, e a partir dos investimentos na ovinocultura para as 20 famílias da comunidade, conseguimos mostrar para toda a Bahia o potencial da ovinocultura, tendo os melhores animais de todo o estado”, comemorou Demilton Santana.

O Bahia Produtiva é um projeto do Governo do Estado, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), a partir de acordo de empréstimo com o Banco Mundial. Para Santana, participar da exposição é também a oportunidade de poder verificar já os primeiros resultados do projeto, o que possibilitou o seu retorno ao trabalho no campo, depois de ter saído para a sede do município em busca de trabalho: "Graças ao projeto, conseguimos essa evolução para as famílias e o estímulo para acesso ao Registro Afixo, documento emitido pela Assistência aos Rebanhos de Criadores de Ovinos (ARCO), da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos, que certifica o animal PO”.

A comunidade foi selecionada, por meio do edital socioambiental do Bahia Produtiva, em um projeto voltado para caprinovinocultura, com recursos destinados à aquisição de veículo com reboque; moto; ensiladeira; kit de ferramentas; 100 matrizes e quatro reprodutores de ovinos PO; e implantação de área coletiva de palma, para a segurança alimentar do rebanho.

De acordo com a especialista em Caprinovinocultura do Bahia Produtiva, Carina Cezimbra, os cuidados com a sanidade e alimentação estão entre os itens fundamentais para que os produtores possam ter resultados efetivos no projeto: “No curso realizado na comunidade, orientamos as famílias atendidas pelo projeto sobre o manejo reprodutivo; sanitário (sobre doenças mais comuns, limpeza das instalações, entre outros); alimentar (sobre como armazenar forragens para o período de escassez, com silagem e feno. Além de falarmos sobre a organização da propriedade”.

O Governo do Estado vem investindo, nos últimos anos, no fortalecimento da caprinovinocultura com recursos. Só no âmbito do Bahia Produtiva foram destinados recursos da ordem de R$ 26 milhões, em mais de 100 projetos distribuídos em diversas regiões do estado, principalmente no Semiárido baiano. As ações incluem desde a entrega de animais, assistência técnica e extensão rural (Ater), máquinas e equipamentos, até a requalificação de unidades de beneficiamento e infraestrutura.
Fonte: Desenvolvimento Rural - SDR



Barragem de Pedras Altas e outras três da Bahia vão ter planos de emergência

Quatro barragens na Bahia vão ter planos de ação de emergências realizados nos próximos meses. A informação é do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 14. Entre os reservatórios favorecidos consta a barragem de Pedras Altas, situada no município de Capim Grosso, localizada no rio Itapicuru Mirim.
A barragem do Apertado, situada em Mucugê, na chapada diamantina, que armazena água do Rio Paraguaçu no qual o reservatório recebeu estado de atenção nível 1, onde não há risco de rompimento, por um relatório da comissão de meio ambiente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) divulgado na semana passada. Apesar de fissuras, erosões e presença de vegetação, o relatório não apontou risco de rompimento por conta da estiagem. Em abril, a vistoria registrou que o volume de água chegava a apenas 1,8% da capacidade da barragem.

As outras barragens contempladas são as de França, em Piritiba e Gasparino, em Coronel João Sá. O custo da iniciativa gira em torno de quase R$ 1,5 milhão e vão ser feitos pela Geotchinique Consultoria e Engenharia LTDA.

Fonte Bahia Notícias

PRF realiza prisões em Serrolândia na manhã desta quinta-feira

Uma mega operação que está sendo realizada na manhã desta quinta-feira 15 de agosto de 2019 em toda região, há registro nas cidades de Capim Grosso, Jacobina, Senhor do Bonfim e Serrolândia.

Em Serrolândia há informações da prisão de três pessoas por agentes da PRF que circulam pela cidades desde há 04h00 da manhã.



Nove Grupos de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaecos) do Ministério Público brasileiro realizam, nesta quinta-feira (15/08), operações contra integrantes de organizações criminosas em todo o país. A ação nacional é articulada pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC) - colegiado que reúne os Gaecos de todos os estados brasileiros.
As diligências desta quinta-feira estão sendo realizadas simultaneamente pelos estados de Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Rio de Janeiro. Com auxílio de forças policiais, os Gaecos de cada um desses estados cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão contra integrantes de grupos criminosos. No total, estão sendo cumpridos mais de 300 mandados judiciais, entre prisões e busca e apreensões.
Acompanhando os trabalhos em uma sala especial da Coordenadoria de Segurança e Inteligência do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (CSI/MPRJ), o presidente do GNCOC, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, garantiu que esse tipo de enfrentamento seguirá ocorrendo em todo o Brasil. “Os Gaecos do país inteiro estão trabalhando incessantemente para combater as organizações criminosas que tanto afrontam as forças de segurança do país. Seguiremos nesse propósito todos os dias”, assegurou Gaspar, que é também procurador-geral de Justiça de Alagoas.
Na Bahia, são 19 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão. A operação está sendo realizada nos municípios de Senhor do Bonfim, Jacobina, Juazeiro, Capim Grosso, Serrolândia e Lauro de Freitas. Entre os alvos, estão integrantes de organização criminosa ligada ao PCC que atua com tráfico de drogas e é responsável por diversos homicídios no estado. Onze promotores de Justiça, 74 policiais militares e 99 policiais rodoviários federais participam da ação.

Voltaremos com mais detalhes a qualquer momento.
Fonte: MP informações Portal Serrolândia

Visita Online