Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

12 de abr. de 2012

Melhores momento do Mairi Fest

Kolé e Pan  em Mairi
Edilan Silva ao vivo em Mairi

Território – o Sac Móvel estará em Nova Fátima este mês


Nos próximos dias 28 e 29 de abril o Serviço de Atendimento ao Cidadão (Sac Móvel) está atendendo na cidade de Nova Fátima, durantes este dias o cidadão poder ter acesso aos serviços:
- Certidão de Nascimento;
- Carteira de Identidade;
- Cadastro de Pessoa Física;
- Recadastramento de Pensionistas do Estado;
- Antecedentes Criminais e
- Críticas, denúncias, elogios, orientações, reclamações, solicitações e sugestões sobre os serviços públicos prestados pelo Governo do Estado.

Ao todo são dois caminhões, cada um com uma rota específica que percorrem os 417 municípios da Bahia.
O município de Nova Fátima tem uma localização privilegiada, as margens de uma das maiores rodovias do Brasil, a BR 324 (Salvador/Jacobina), no Território da Bacia do Jacuípe. Fica à 110 km de Feira de Santana e 220 Km de Salvador, numa altitude de 298 metros.

www.baciadojacuipe.com.br 
Com informações de Sílvia Pinheiro
Coordenação de Articulação Social - COAS
Secretaria de Relações Institucionais - SERIN

Sede da Caesa em Capim Grosso está quase pronta


Em breve uma base da CAESA (Companhia de Ações Especiais do Semiárido) estará instalada em Capim Grosso com o intuito de somar forças com as policias civil e militar de Capim Grosso e região. 

A sede da CAESA funcionará na Rua Deputado Rocha Pires, no bairro Oliveira e segundo informações em breve dias o local estará pronto e liberado, quando será entregue ao  comandante da CIPE/Semiárido (CAESA), Ten. Cel. Valter Santos Araújo.

Atualmente a Caesa atua em 75 municípios baianos e tem previsão de até o final do ano instalar a sua 8ª Base Operacional em regiões estratégicas para combater os crimes praticados por quadrilhas especializadas em roubos a bancos e cargas, além do combate ao trafico de drogas.

www.sionesantos.com

Homem descontrolado entre em Unidade de Saúde de Mairi, quebra porta de vidro e população fica assustada.


Na tarde desta quinta-feira (12), Antônio Carlos, conhecido por Têro Têro, morador da rua do Tanque na cidade de Mairi, estava totalmente descontrolado, entrou na Unidade de Saúde da Família, localizada próximo ao Terminal Rodoviário e a população ficou assustada.

Segundo informações, Antônio Carlos entrou na unidade de saúde dizendo que queria maconha. Ao sair do local, Antônio chutou a porta de vidro da entrada da referida unidade e quebrou. Os funcionários e pacientes ficaram assustados.
A Policia Militar foi acionada e levou Antônio Carlos na viatura e o deixou em casa. Segundo informações, Antônio Carlos toma remédio controlado e não pode ser preso. 

A Secretária de Saúde de Mairi, a Sra. Rachel Peixoto, registrou uma ocorrência na delegacia local para que a justiça tome as medidas cabíveis. Antônio continua solto na rua e as pessoas estão assustadas com medo de acontecer algo pior.
Antônio Carlos (Têro Têro)
Segundo informações, Antônio Carlos estava atacado no dia anterior na Praça J.J. Seabra, onde queria invadir a prefeitura com uma faca na mão e ficou provocando algumas pessoas na praça. A Policia Militar colocou Antonio na viatura e apresentou na delegacia e em seguida foi solto.


Veja também
Antônio Carlos é portador de doença mental e estava preso no Hospital de Custódia e Tratamento em Salvador no ano passado para receber tratamento. Antonio estava preso por ordem Judicial e já tinha passado o período de cessação penal e foi transferido pelo Grupo Especial de Operações Prisionais (GEOP) da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP) para a cadeia pública do município de Várzea da Roça no dia 19 de novembro e depois foi solto.
Em 2011, Antônio foi transferido pelo GEOP neste veículo


Redação: Agmar Rios
Fotos: Mairi News

Baixa Grande – GT do Ponto de Cultura Visita Povoado de Lagoa do Cipó


Com o objetivo de organiza o dia dos trabalhadores que este ano em Baixa Grande será realizado em Lagoa do Cipó, representantes do Grupo de Trabalhas pelo Ponto de Cultura, Renovando a Cultura, Cultura se faz, sentou com representantes do Povoado de lagoa do Cipó e região, o Ponto de Cultura vem realizando diversas rodadas culturais em povoados e fazendas do município. No dia 1º de maio, terá uma rodada especial no Povoado de Lagoa do Cipó, onde em comemoração ao Dia dos Trabalhadores o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais está comemorando a data juntamente com o Ponto de Cultura.
Quem for ao povoado neste dia verá; Samba, Dança de Roda, Forró, Reisado, dança Afro, Quadrilha Junina, comidas típicas e muito mais.  Esta é a primeira vez que se realiza este evento em Lagoa do Cipó, eventos semelhantes já foram realizado em Viração, Italegre, Tabuleiro, Santana, Mandacaru, Lagoa do Mandu e Cancelas.
O Ponto de Cultura Renovando a Cultura, Cultura se Faz, é um projeto do Governo Federal pelo Mais Cultura que tem como entidade desenvolvedora o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, diversos representantes da comunidade auxilia gratuitamente no desenvolvimento das ações o chamado GT do Ponto de Cultura.
www.baciadojacuipe.com.br 
Por: Ediomário Catureba

Várzea da Roça - Chuva ameniza efeitos da seca, mas também aumenta–os


O distrito de campo de São João, município de Várzea da Roça, está localizado a aproximadamente 23 km da sede. Nesta terça (10), choveu aproximadamente 4 mm (milímetros), o que equivale a 4 litros d’água por metro quadrado.

Segundo populares a quantidade d’água da chuva ainda é pouca, pois não é o suficiente para armazenar nos reservatórios, mas em terrenos arenosos, de fácil penetração do líquido no solo, minimiza
os efeitos da seca, logo que o capim e outras plantas que servem de alimento para os animais, brotam novas folhas. Já em terrenos de
barro, a pouca chuva é prejudicial, pelo fato de ter pouca absorção d’água, assim a água fica na superfície do solo, evaporando com maior facilidade, em decorrência do calor do Sol. Outro prejuízo, é o bagaço seco do capim, que ao ser molhado, apodrece em um tempo menor e fica com um odor ruim, o que ocasiona, que muitos animais acabam não comendo.
Esta situação é denominada por “seca verde”, ou seja, em algumas regiões tem-se comida para os animais, mas a água é escassa. foto 3Ainda segundo alguns pequenos produtores rurais, esta situação é preocupante, logo que o período do inverno está próximo, época que dificilmente ocorre chuvas fortes para o armazenamento d’água. Caso não venha chover forte antes do inverno, provavelmente, apenas em meados do mês de Novembro pode-se esperar chuvas intensas, pois este é o período que começam as trovoadas. 
Fonte: www.vr14.com
Por: Jorge Henrique

Vem aí novidade em Várzea da Roça e Mairi

Baixe Forro na Balada.PNG (639,2 KB)
Vem aí a 1ª boate de forró na região. Uma novidade com a produção do Dj Kleber. As datas ainda serão divulgadas em breve, mas a galera já pode ir se preparando para dançar coladinho nessa balada.

Visita Online