Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

6 de mai de 2013

Encontro de Paredões em Macajuba.


Neste domingo, 05 de maio de 2013, aconteceu um grande Encontro de Paredões, no Sítio Pilão, município de Macajuba.

O evento reuniu várias pessoas de Macajuba, Ipirá, Itaberaba, Ruy Barbosa, Mundo Novo, Baixa Grande e de outros municípios. Vários paredões de qualidade e muita potência.

Marcelo Som de Ruy Barbosa com seu paredão, Motoqueiro Fantasma, Figueredo de Baixa Grande entre outros amantes de som automotivo marcaram presença no evento.


Redação: Agmar Rios/Fotos: Figueredo

Bandidos assaltam bancos, invadem ônibus escolar e funcionário é baleado

O Banco do Brasil e o Banco do Nordeste da cidade de Mundo Novo, na Chapada Diamantina, estavam cheios por volta das 11h30 desta segunda-feira (6) quando sete bandidos chegaram armados, disparando para cima, e assaltaram as duas agências.
Além do pânico vivido pelos moradores do município a 292 quilômetros de Salvador, um funcionário de uma das agências, que havia sido levado como refém, acabou baleado durante uma troca tiros entre policiais e assaltantes em fuga.
Os bandidos chegaram em dois carros - uma Ranger e um Ford Fiesta - atirando para cima. "Foram muitos tiros, ouvíamos até a bala batendo no chão. Quem conseguiu, correu", contou Fabrícia Santos, funcionária de uma loja de móveis na praça.
De acordo com moradores, uma viatura da Companhia de Ações Especiais do Semiárido (Caesa), que fazia ronda na cidade durante manhã, havia acabado de deixar a praça quando os criminosos chegaram fortemente armados.
"Havia pouco tempo que eles [policiais] haviam saído. Quando anunciaram o assalto, minha amiga ficou paralisada, não conseguia se mover do lugar. Meu medo era porque eles ficavam perguntando quem eram os donos dos carros estacionados na praça", contou Gleide Oliveira, gerente de uma loja de calçados. De dentro da loja, ela viu os criminosos renderem os seguranças e invadirem as agências.
O grupo dividiu-se em grupos; três assaltantes foram para o Banco do Nordeste e três invadiram o BB. Um bandido permaneceu na praça e obrigou clientes e moradores a fazer um escudo humano em frente às agências para evitar a aproximação da polícia.
Veículo utilizado no assalto foi incendiado pelos bandidos 
"Eles falaram que ninguém ia se machucar porque estavam levando o dinheiro que era deles", contou um funcionário do Banco do Brasil que foi utilizado como escudo.
Segundo ele, o medo tomou conta da cidade durante o assalto. "Havia cerca de 100 pessoas na praça e todos os homens foram usados no escudo humano. Muitas pessoas passaram mal, desmaiaram, mas eles avisavam que estes poderiam sair", disse o funcionário. "Durou cerca de uma hora tudo, e eles atiraram para cima o tempo todo", conta.
Na fuga, os bandidos jogaram moedas nas ruas e levaram como reféns o gerente, uma subgerente, e dois guardas do BB, além de dois funcionários do banco do Nordeste. A quadrilha incendiou o Ford Fiesta na praça e roubou, em seguida, um Fiat Uno utilizado pelo banco para o transporte de valores. 
Funcionário baleado
O assalto parecia chegar ao fim, porém, um erro dos bandidos na direção da saída da cidade acabou permitindo a aproximação de quatro policiais da Caesa, que já haviam sido informados da ação.
Os policiais avistaram os assaltantes em uma das avenidas do município e deram início a uma intensa troca de tiros. Um funcionário do Banco do Nordeste, que era levado como refém no Uno roubado, foi baleado na barriga. 
A perseguição continuou na zona rural, até que, nas proximidades do distrito de Ibiaporã, a quadrilha interceptou um ônibus da Prefeitura que transportava estudantes da rede municipal.
Os assaltantes atiraram nos pneus e atravessaram o veículo na estrada para atrapalhar a ação dos policiais. "Havia muitos estudantes e eles invadiram, tomaram a chave e atravessaram o ônibus na avenida. A polícia chegou logo depois e, conseguimos fazer uma ligação direta para ligar o ônibus, senão ainda estaríamos lá", disse o motorista do ônibus Ubirajara Lopes.
Eles seguiram em direção ao povoado e, na estrada de terra, abandonaram os funcionários levados como refém. Ninguém ficou ferido. Dois funcionários, que já haviam testemunhado outros assalttos, ficaram bastante abalados.
O funcionário baleado foi socorrido para o Hospital Municipal, e depois transferido para o Hospital Geral Clériston de Andrade, em Feira de Santana. O estado dele é considerado grave.
Agência fechada após assalto
Em dezembro do ano passado a mesma agência do Banco Brasil foi assaltada e ficou três meses fechada. Após a reabertura, os comerciantes adotaram o hábito de bloquear a entrada de veículos na rua em frente aos bancos com o uso de correntes, nas extremidades da via.
Moradores temem que, após o segundo assalto em pouco mais de 6 meses, a agência seja fechada definitivamente. O Banco do Brasil não se pronunciou sobre a ameaça.
No último assalto, dois gerentes, dois funcionários e três vigilantes foram levados como reféns. O assalto durou cerca de 30 minutos. Cerca de 12 assaltantes em dois carros participaram da ação. Uma das gerentes levadas pelos assaltantes também foi mantida como refém, no assalto desta segunda (6).
Vidros da agência do banco ficaram destruídos após tiros.
Assista o Vídeo do momento após o assalto Link:Clique Aqui

Ambulância da cidade de Baixa Grande atropela e mata ciclista

 
Antonio Carlos da Silva, 48 anos, morreu na noite passada (5) na entrada do distrito de Humildes, próximo da empresa Pérsico na BR- 324, em Feira de Santana.

O borracheiro foi atropelado por uma ambulância do município de Baixa Grande, quando se dirigia para casa em uma bicicleta, segundo informações dos policiais civis do plantão central do Complexo Policia Investigador Bandeira.

O motorista atropelador desenvolvia alta velocidade disse o irmão da vítima, Gonçalo Ferreira durante entrevista ao programa Subaé Notícias.

O corpo foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) a fim de ser necropsiado. Informações do Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa.

Fonte: Acorda Ipirá.

Banco do Brasil de Mundo Novo é assaltado

A agência do Banco do Brasil da cidade de Mundo Novo, a 292 quilômetros de Salvador, foi assaltada por volta do meio dia desta segunda-feira, 06 de maio de 2013.

Segundo informações de populares, cerca de 10 homens fortemente armados chagaram aterrorizando a cidade e efetuaram o assalto. Muitos tiros foram disparados.

O clima segue tenso, várias viaturas de cidades vizinhas foram deslocadas para Mundo Novo. A polícia ainda não tem informações de feridos ou reféns. O valor da quantia levada pelos bandidos também não foi informada.

Os assaltantes colocaram fogo em um veículo Fiesta na Praça Senador Cohin. Todas as lojas no centro da cidade foram fechadas.
Da redação do Blog Agmar Rios

Aguardem mais informações e fotos...

A 1ª Festa Municipal do Licuri é realizada no povoado de Uruçu, município de Mairi

Neste domingo, 5 de maio de 2013, foi realizada a 1ª Festa do Licuri no povoado de Uruçu, município de Mairi. O objetivo do evento é incentivar a preservação dos licurizeiros e do bioma caatinga, resgate da cultura regional e a geração de renda familiar. Divulgação para criação de uma rede de Produtos e Valorização do Licuri.
Por volta das 11h da manhã aconteceu à celebração da missa, debaixo de um umbuzeiro, em pleno licurizal, celebrada pelo padre Gregório. Depois aconteceu a abertura do evento com o momento cultural com apresentações dos sambadores da região e almoço com sabor do licuri.
No circuito da festa foram montadas algumas barracas com comidas típicas da região e artesanatos. Os vereadores Alan, Roque Nilson e Dr. Tadeu, Normeide Alves, Jobope, o vice-prefeito Aliomar Muritiba entre outras lideranças políticas do município, marcaram presença.


Iris, vencedora do desfile das rainhas
No período da tarde foram realizados concursos com sabor do licuri nas barracas, quebra do licuri, debulha do licuri, apresentação dos alunos da Escola Castro Alves do Uruçu e dos colégios João Soares Ferreira e Bernadino Trindade do distrito do Angico, desfile das rainhas do licuri, resultado dos jurados e entrega dos prêmios. No desfile das rainhas, a garota Iris foi a grande vencedora.

Por volta das 19h, no palco armado no circuito da festa, aconteceram os shows de Florisvaldo Moreira, Edilan Silva e tenda eletrônica com o DJ Kleber de Várzea da Roça, que animaram o público presente.
O Sr. Tonho do Uruçu, que faz parte da comissão organizadora, disse que a Associação Comunitária local realizou essa festa com o incentivo da COOPES - Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina, que tem sede em Capim Grosso. "A COOPES realizou a V Festa Regional no ano passado aqui no Uruçu e nós acatamos essa ideia para fazer a 1ª festa municipal”, disse Tonho.
No dia 18 de agosto acontecerá a VI Feira Regional do Licuri, no povoado de Vaca Brava, município de São José do Jacuípe.
Florisvaldo Moreira
Dj Kleber
O Licuri é o fruto de uma palmeira nativa do Nordeste do Brasil, pode ser encontrado em alguns estados, principalmente na Bahia, região de caatinga – municípios de Capim Grosso, Serrolândia, Quixabeira, São José do Jacuípe, Várzea da Roça, Jacobina, Várzea do Poço, Senhor do Bonfim, Campo Formoso e Calderão Grande.
Os cachos da palmeira apresentam frutos, cujas amêndoas são utilizadas na alimentação humana, por ser muito rico em ferro, cálcio, cobre, magnésio, zinco, manganês, sais minerais e beta caroteno, tornando-se uma importante fonte de renda para diversas comunidades.

Com o licuri torrado são produzidos diversos derivados como: granola: petiscos doces e salgados, tira gosto, sorvetes, umbuzada com licuri, óleo, hidratante de cabelo, licor, etc.

Redação e fotos: Agmar Rios

Visita Online