Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

12 de mai de 2012

Trasmissão da festa em comemoração as mães com Vira e Meixe

Confira o Show de Vira e Mexe a partir das 22:00 pelo http://www.foguinhoeventos.com

Consulta Popular decide pelo cancelamento do Arraiá du Licurí


Por conta da estiagem que assola o município de Serrolândia, mais de 80% dos votantes decidiram pelo cancelamento do Arraiá du Licurí neste ano de 2012.

Pelo menos 806 serrolandeses, com idade acima de 16 anos compareceram neste sábado (12), para votar no plebiscito convocado pela prefeitura para decidir sobre a realização ou não dos festejos juninos do Arraiá du Licurí neste ano de 2012.

A Consulta Popular foi elaborada por uma comissão com representantes de diversas entidades que junto com a prefeitura organizou para que a população pudesse manifestar sobre o Arraiá du Licurí que acontece em Serrolândia há 20 anos.

A estiagem que assola o município trazendo prejuízos aos produtores, ao comercio local e a população, principalmente os que vivem na zona rural, foi à justificativa apresentada pelos organizadores para a realização da consulta popular, onde o próprio povo de forma democrática pudesse decidir.

O resultado da votação divulgado pela comissão obteve os seguintes resultados:

Pela realização do Arraiá du Licurí: 141 votos
Pelo cancelamento do Arraiá du Licurí: 655 votos
Votos brancos: 8
Votos nulos: 2

Segundo os organizadores uma decisão difícil uma vez que há vinte anos o Arraiá du Licurí é uma das mais belas festas juninas do interior da Bahia. Com a decisão a prefeitura deve ampliar as ações a favor do homem do campo que está enfrentado sérios problemas por conta da seca.

Fonte: Portal Serrolândia

Crédito emergencial para a seca pode ser sacado a partir de segunda-feira (14).


Os agricultores familiares baianos dos 232 municípios que decretaram situação de emergência por causa da seca poderão sacar, a partir desta segunda-feira (14), nas agências do Banco do Nordeste (BNB), o crédito emergencial. A informação foi prestada pelo superintendente estadual da instituição, Nilo Meira Filho, durante reunião de trabalho com o secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles.

Com juros de 1% ao ano para pequenos agricultores (até R$12 mil), e de até 3,5% ao ano para os grandes (de R$12 mil a R$100 mil), os recursos serão utilizados como capital de giro, investimento e custeio para todas as despesas inerentes à agricultura e agropecuária, demandas urgentes e comuns aos agricultores dos municípios que decretaram estado de emergência. O agricultor conta ainda com um bônus de adimplência de 40% sobre as parcelas de financiamento pagas em dia. “A partir de segunda, os beneficiários do Pronaf B, com renda familiar anual de até R$ 6 mil, devem procurar o BNB, onde terão auxílio para apresentação da proposta”, explicou Meira.

De acordo com informações do BNB, os produtores inseridos nos demais grupos do Pronaf, com faixa entre R$ 2,5 mil e R$ 12 mil, após seguirem as mesmas recomendações, terão as propostas aprovadas em até 48 horas pelo agente financeiro, com desembolso imediato. Em relação a valores entre R$ 12 mil e R$ 100 mil, este prazo se estende, e o banco tem até dez dias para liberação dos recursos. Todos os beneficiários terão até oito anos para pagar e três anos de carência.

Os agricultores, cujo limite de saque pode alcançar R$ 12 mil, deverão preencher proposta informando os investimentos que serão feitos a partir da liberação do montante. Os financiamentos priorizam projetos de combate aos efeitos da longa estiagem e de convivência com a seca, como por exemplo, implantação de projetos de irrigação ou compra de ração. De acordo com as normas estabelecidas, 35% do crédito emergencial serão destinados ao custeio, e 65% servirão para investimentos.

O superintendente de Agricultura Familiar da Seagri, Wilson Dias, lembrou que o crédito emergencial tem o objetivo de ajudar os agricultores a salvar seu rebanho, nesse primeiro momento, e depois, estruturar a propriedade e reintroduzir novos animais, “para que ele possa ter vida normal de produção e renda”.

Eduardo Salles ressaltou a importância da parceria entre governo da Bahia, através da Seagri, e BNB. “Na próxima terça-feira, realizaremos videoconferência, para que todos os gerentes do BNB no interior e chefes dos escritórios da EBDA sejam instruídos”, declarou Salles, indicando que essa medida visa dar mais agilidade ao processo de preenchimento das planilhas simplificadas de solicitação do crédito.

Fonte: Secom Bahia
Foto: Agmar Rios

Ricardo & Marcleide em Pintadas no Aniversário da Cidade 2012

Visita Online