Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

23 de ago. de 2011

Comedia gravada em Várzea do Meio

Serra Preta - Militância Vermelha rouba a cena e cobra sinal de celular


 
 
 
Alguns representantes do grupo Militância Vermelha de Serra Preta aproveitaram a presença do Governador Wagner e sua comitiva na inauguração da rodovia, que liga Ipirá a Pintadas e cobraram o sinal de celular para toda Serra Preta.
Acertadamente, o grupo foi inteligente e não perdeu a oportunidade, já que uma audiência com o Governador tornou-se cada vez mais difícil. Segundo o grupo, o Governador delegou a seu Vice, Otto Alencar, a responsabilidade em resolver o problema.
Os militantes continuam mobilizados e disseram que não vão se acomodar enquanto todos os serrapretenses não forem incluídos ao acesso a tecnologia.
Fonte: www.marioangelobarreto.blogspot.com
Fonto: facebook de Wesley Santana

Movimento cobra ação do Governo da Bahia em relação à saúde

O Movimento Jacobina Agoniza encaminhou essa semana correspondência ao Governo da Bahia cobrando a implantação do Hospital Geral do Piemonte da Diamantina. Foram utilizados informações do SUS para demonstrar a necessidade de tal investimento na região, já que os existentes não oferecem o mínimo exigido para Hospitais de referência microrregional, conforme resolução CID 263/2009.
Para o movimento há um claro desmonte do Hospital Municipal Antonio Teixeira Sobrinho, evidenciados em dados que mostram que em 2010, dos 14.731 internamentos ocorridos, 11.160, ou 76% do total foram direcionados para o Hospital Regional Vicentina Goulart que é controlado pelo marido da gestora e atual secretário de planejamento do município e apenas 3.571 ou 24% para o Hospital Municipal Antonio Teixeira Sobrinho, desobedecendo a Lei que manda priorizar os serviços de saúde públicos existentes.
A implantação dessa obra já fora cobrado também pela CDL, pelos sindicatos, pela AMPC, constando ainda como prioridade no PPA do Território do Piemonte e sendo solicitada em todas as conferências municipais de saúde da região que requerem a construção ou o repasse do Hospital Antonio Teixeira Sobrinho ao Estado, para que sejam efetivados investimentos necessários para um atendimento digno à população regional.
Espera-se que o Estado intervenha nos serviços de saúde da região, já que há uma dívida com o município, que tem ficado de fora das grandes obras de desenvolvimento que tem sido disseminada em outras localidades da Bahia, sendo a população carente a que mais sofre, já que a administração municipal também se recusa a implantar melhorias na saúde, a exemplo da UPA, do LACEN, da UTI e do SAMU 192.
Assessoria do movimento.

Cinco pessoas de Ourolândia morrem e bebê sobrevive em acidente na BR-324



Cinco pessoas morreram em um grave acidente entre uma carreta e um carro da prefeitura 
do município de Ourolândia, do norte da Bahia, por volta das 5h30 desta terça-feira (23), na BR-324, no município de Candeias, sentido Feira de Santana. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (Simões Filho), um bebê sobreviveu.
A colisão ocorreu no Km 506, a 8 km do Posto Fiscal de Simões Filho. As vítimas foram identificadas como Neildes Francisca Santos, avó de Caique Pascoal Souza, Maiane Alves Santos e o motorista Inácio de Jesus. O bebê que teria sobrevivido era filho de Ana Paula Ramos Oliveira, que também morreu no acidente.
De acordo com o Hospital Municipal de Ourolândia, as vítimas viajavam a Salvador, onde fariam exames médicos. O motorista da carreta bitrem do Paraná, onde bateu o Fiat Uno de placa NTU-1728, sobreviveu. Equipes da PRF e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel (Samu) estão no local.
Segundo a PRF, o bebê, único sobrevivente, foi levado para o Hospital do Subúrbio, em Salvador. Ainda não há informações sobre o seu estado de saúde.

Redação CORREIO/Foto: Aratu online

Visita Online