Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

4 de nov de 2010

REVEILLON EM SERROLANDIA

Safra recorde de melancia na cidade de Várzea da Roça

 Safra recorde de melancia na cidade de Várzea da Roça

No perímetro irrigado Distrito de Irrigação do Jacuípe a 6 km da sede de Várzea da Roça e a 300 km de Salvador, onde foram inaugurados mais 54 lotes a poucos messes deixando os irrigantes bastante satisfeito e muito mais feliz agora com a grande safra de melancia, quebrando as grandes estatísticas de produção na região, gerando mais empregos na região e deixando os produtores bastante animados com a venda de mais de 100 toneladas dos frutos para grandes centros comerciais da Bahia (Salvador e Feira de Santana) em apenas uma semana, podendo chegar a ultrapassar as 500 toneladas até o mês de dezembro. Segundo os produtores Nilton, Tonho e Nadinho estão felizes com a sua produção esperando ter maiores safras no perímetro irrigado, na qual venha beneficiar varias famílias por serem lotes pequenos mas com grande produção familiar. 
Confira as fotos
Redação foguinhoEventos fotos Ronivaldo

Homem que matou mulher em Pintadas continua foragido da polícia e população pede justiça.

Na última segunda-feira, dia 1° de novembro, na cidade de Pintadas, foi realizada uma passeata, onde a população pedia justiça pela morte de Elienilza Silva de Oliveira, conhecida por Nilza, assassinada pelo seu ex-marido e pelo sequestro de Tainá da Silva de Oliveira. O crime aconteceu no dia 24 de outubro, por volta das 22:00 horas. Nilza, foi morta a facada, pelo seu ex-marido, José Nilton Souza de Oliveira, conhecido por Nilton. A mulher foi encontrada morta dentro do banheiro de sua casa. José Nilton matou sua ex-mulher, por causa de ciúmes e por não se conformar com a separação. José Nilton está foragido da polícia, junto com ele, está Tainá Silva de Oliveira, de 15 anos de idade, filha do casal, que também pode está sendo ameaçada e poderá ser a próxima vitima. 
Manifestação
Na última segunda-feira, na cidade de Pintadas, os manifestantes se reuniram na Praça Antonina Leite e saíram em passeata pelas ruas do centro comercial, chamando atenção das pessoas para que o caso não seja esquecido, e que à justiça seja feita o mais rápido possível. Dezenas de amigos e familiares da vítima participaram da caminhada, portando cartazes e faixas, com o lema ''Que a justiça seja feita o mais rápido possível''. A diretora do Hospital, onde Nilza trabalhava, falou como era a convivência ao lado dela, ''Ela era uma ótima pessoa, não saia muito, era dedicada ao trabalho e sua casa '' onde emocionou muitas pessoas.

Visita Online