Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

4 de jul. de 2013

Professores acamparam na Prefeitura Municipal de São José do Jacuípe

Após realizar marcha pelas ruas e protestos em frente a Prefeitura, funcionários de São José do Jacuípe bloquearam a estrada de acesso da cidade, no intuito de chamar a atenção da prefeita que ainda não compareceu para negociar as reivindicações que entre outras são: Pagamento dos salários atrasados (dezembro de 2012, 13º e terço de férias) e uso indevido de verbas do FUNDEB.

Não havendo resposta, por ordem da promotoria, a prefeitura foi ocupada. Os professores na 2º noite de ocupação na espera que a prefeita atenda a categoria para se chegar a um acordo, mais a mesma se recusa recebê-lo. O movimento dos professores é pacífico, nada foi danificado e nem impediram que os funcionários trabalhassem no local. O poder executivo solicitou ajuda do Major da PM de Jacobina, mas o mesmo não atendeu ao pedido alegando estarem os professores gozando de seus direitos e que a polícia intervirá somente se houver danos ao patrimônio público.

Ameaças foram feitas na intenção de parar os protestos. O professores que tem aulas extra foram ameaçados de perdê-las caso comparecessem à ocupação, as demais categorias de funcionários, por não terem uma entidade representativa como a APLB, não estão  participando do acampamento por terem sofrido ameaça de corte salarial. A faixa com os dizeres "FUNCIONÁRIOS REIVINDICANDO SEUS DIREITOS", que foi usada na manifestação e estava na fachada da prefeitura foi rasgada por uma funcionária do alto escalão.

Os professores reiteram que não estão fazendo manifestação partidária, uma vez que entre os manifestantes há pessoas de grupos políticos distintos, estão apenas reivindicando o que é seu e pedindo que a prefeita compareça para uma conversa.

www.cuscuzeiro.blogspot.com

Equipe Força e Ação da show de manobras radicais em Capim Grosso

A equipe Força e Ação conhecida por realizar manobras radicais em motocicletas se apresentaram nesta quarta-feira 03, na Avenida ACM, para uma multidão de pessoas que puderam presenciar o desempenho dos seus pilotos num espetáculo em duas rodas.
A vinda da equipe à Capim Grosso se deu através do empresário Celidalvo Alves da Tropical Motos, com a colaboração da Central Consócios e do vereador Samoel Moto Taxi, Celidalvo aproveitou a oportunidade para agradecer aos capimgrossenses pela confiança na Tropical Motos ao longo dos anos que a empresa atua na cidade.

A equipe Força e Ação distribuiu brindes oferecidos pelas empresas para o público presente,  em seguida os pilotos Alex, Caio, Sam e Dentinho deram um show a parte, mesmo com a pista molhada os pilotos realizaram várias manobras que levou o público ao delírio, que mesmo embaixo de chuva não arredou o pé da avenida.

Fonte: FR Notícias

Capotamento com vitima fatal na BA 052, próximo ao distrito de Porto Feliz

Na última terça-feira (2), por volta das 22h, um homem ainda não identificado teve sua vida ceifada, após perder controle do caminhão Mercedes Benz L 1620, placa policial GYG-1516 licença de Itabaiana/SE, e capotar carregado com tomate.

O fato ocorreu na altura do Km 10 da BA 052, estrada do feijão, entre Porto Feliz distrito de Piritiba e a cidade de Mundo Novo.

A polícia Militar efetuou os procedimentos de praxe e o corpo do homem foi recolhido pelo DPT ao ILM – Instituto Médico Legal de Jacobina. Já por volta das 15:15h de ontem quarta-feira, o corpo do vitimado foi transladado para o estado de Sergipe em um carro funerário, após exaustivo trabalho do DPT – Departamento de Polícia Técnica da Cidade do Ouro.

Por: Ubiratam Moreira

Batida mata 4 pessoas em trecho de protesto na BR-116, sudoeste da BA

Quatro pessoas morreram em acidente entre uma van e um caminhão na manhã desta quinta-feira (4), na BR-116, região onde ocorrem protestos de caminhoneiros no sudoeste da Bahia.

Por volta das 6h, a van que seguia de Gavião (BA) para São Paulo bateu no fundo do caminhão que estava parado em um dos lados da pista e ainda colidiu na lateral de outro veículo que estava no acostamento.
Das 10 pessoas que estavam na van, quatro morreram no local do acidente. Os corpos ficaram presos às ferragens. Três pessoas tiveram ferimentos leves e outras três não se machucaram.

Os três motoristas foram encaminhados para a delegacia de Cândido Sales, na Bahia, para prestar depoimento. O motorista da van deu entrevista a uma equipe da TV Sudoeste, afirmando que não viu o caminhão parado, e que não havia sinalização na pista.

Os motoristas dos caminhões preferiram não dar entrevista. Eles estavam parados na manifestação dos caminhoneiros que teve início na segunda-feira (1º), na região sudoeste da Bahia. Centenas de caminhões estão parados na pista da BR-116.
O trecho liga o município de Vitória da Conquista à Cândido Sales. A estrada está liberada para carros de passeio e ônibus. Os manifestantes param apenas os caminhões. Eles dizem que não há previsão para terminar o movimento. Os participantes reivindicam melhores condições nas estradas, menor preço do óleo diesel e dos pedágios, além de reajustes no valor dos fretes.

A PRF informou que ainda não tem identificação das vítimas.

As informações são do G1-BA

Visita Online