Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

16 de abr. de 2015

Suspeito de matar prefeito de Macajuba continua foragido

O mandado de prisão temporária contra o suspeito de matar o prefeito de Macajuba, Fernão Dias Ramalho Sampaio, vítima de tiros no centro da cidade, foi expedido pela Justiça, informa a Polícia Civil, nesta quarta-feira (15).

Flávio Albergaria de Oliveira, de 33 anos, é apontado como principal autor do crime, cometido no dia 2 de abril. Segundo a investigação, o suspeito, que teve foto divulgada pela polícia, tinha um imóvel da família desapropriado pela prefeitura.

O carro utilizado pelo suspeito no crime foi achado em um sítio, nas proximidades da cidade. De acordo com a polícia, o prefeito parou o carro na rua principal da cidade para falar com o irmão quando foi surpreendido pelo criminoso, que o aguardava a bordo do veículo, modelo Fiesta. Com base na investigação, ele saiu com revólver em punho e dezenas de pessoas viram o crime. Em seguida, o suspeito entrou no carro, fugiu e até o momento não foi achado. A arma usada também é procurada. O suspeito não tinha passagens na polícia.

O crime

A desapropriação de um terreno localizado próximo à prefeitura de Macajuba, a cerca de 280 km de Salvador, teria sido o motivo do assassinato do prefeito Fernão Dias de Ramalho Sampaio, do PMDB. A vítima foi morta a tiros no momento em que dirigia um carro perto da Igreja Matriz, na região central da cidade.

Na manhã desta segunda-feira (6), Jean Silva Souza, titular da 12ª Coorpin de Itaberaba, que investiga o caso, disse que o terreno desapropriado pertencia à família do suspeito. O crime ocorreu na quinta-feira (2) e o homem foi identificado pela polícia no mesmo dia. Ele ainda não foi localizado.

"A informação que nós temos é a de que a motivação decorreu do fato do prefeito ter feito uma desapropriação de um terreno vizinho à prefeitura, que pertencia à família do suspeito. Ouvimos testemunhas oculares, além de outras testemunhas que estiveram com o autor e confirmaram a motivação e autoria", informa Souza. A desapropriação ocorreu cerca de 15 dias antes do crime, disse o delegado.

Conforme o delegado, embora o suspeito esteja foragido, o carro dele e documentos pessoais foram encontrados no veículo de passeio utilizado no dia do crime. "O carro foi localizado e estava na casa de parentes do autor", disse. Um dia após o crime, o delegado responsável pela investigação informou que o suspeito mora no mesmo bairro da vítima. O corpo de Fernão Dias de Ramalho Sampaio foi cremado na manhã de sábado (4), no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador. 

Repúdio

Em nota, a União dos Municípios da Bahia (UPB) manifestou "indignação e repúdio" pelo assassinato "brutal e covarde" do prefeito. "Este é mais um ato da cultura revanchista e de selvageria que persiste em nossa sociedade perpetrado contra quem, no exercício do seu legítimo mandato, luta com interesse, dedicação e extremado amor pelo seu município", disse. "É inaceitável que uma barbárie como a ocorrida com o prefeito Fernão seja perpetrada com o argumento de que foram feridos interesses de particulares, em argumento frágil e despropositado. Estas são demonstrações da mais selvagem e bárbara violência, que banaliza a vida e que horroriza o país", completa. A nota foi assinada pela presidente da UPB, Maria Quitéria Mendes de Jesus.
 Prefeito de Macajuba é morto a tiros
Carro que o prefeito estava na hora do crime

Fonte: G1 Bahia

Carga de explosivos apreendida em Valente é descarregada em Conceição do Coité

Um grande esquema de segurança foi montado para conduzir de Valente para Conceição do Coité, o caminhão encontrado às margens da BA-416, saída Valente/São Domingos, recebendo uma carga de explosivos tipo dinamite, que segundo a policia pesa aproximadamente uma tonelada distribuída em 46 caixas, pesando cada uma 25 kg, que seria misturada a uma carga de cal.
Viaturas da Polícia Militar de Valente, Santaluz, Retirolândia, Conceição do Coité e Serrinha foram até Valente para fazer a escolta com segurança até a Delegacia de Coité. onde chegou por volta das 21h. As viaturas realizaram uma operação de guerra isolado todo acesso a delegacia, enquanto os policias iniciavam o descarregamento dos explosivos, o delegado Getúlio Paranhos interrogava o motorista, outro homem que estava no Fiat transferido os explosivos para o caminhão e o ‘chapa’ (carregador) cujas identidades até o fechamento dessa matéria não haviam sido divulgadas.
Não demorou muito para chegar dois advogados que informaram a delegado e até passaram um nota fiscal de uma cooperativa no estado do Pará que segundo um deles é legal, o delegado solicitou também uma licença do exercito que o advogado informou que também seria apresentada, mas não tivemos essas confirmações, pois isso só será possível após o delegado ouvir os homens apresentados pela Policia de Valente, policias que participaram da operação, e advogados, devendo entrar pela madrugada.

Segundo a PM já era fim de tarde desta quarta-feira (15) por volta das 17h30 quando a guarnição recebeu uma denuncia anonima informando a presença de um caminhão ao lado de um campo de futebol, nas proximidades das fábricas da Via Uno e APAEB e outros dois carros, uma Fiat Strada e uma caminhonete Hilux, ao chegar no local perguntou o que estavam fazendo, um chapa teria dito que arrumando a carga de cal que estava torta, desconfiados e se sentido em número reduzido, apenas dois homens, os policiais deixaram o local e saiu em busca de apoio, ao retornarem a Hilux havia evadido e estava apenas a pick-up Strada carregada de caixas, que seria transferida para o caminhão para se misturar a carga de cal,  após a policia fazer averiguação constatou que se tratava de explosivos, momento que foi dada voz de prisão ao caminhoneiro, ao motorista do Fiat e ao chapa, conduzindo os três e o caminhão até a Delegacia local  e depois para Conceição do Coité.
Já em Conceição do Coité os advogados da cooperativa e de um dos suspeitos informaram que era uma carga que saiu do estado de Minas Gerais com destino ao Pará, e que parte da carga seria deixada em Nordestina, onde a cooperativa utiliza para detonação de rochas no garimpo. Um dos advogados disse que ainda não havia conversado com o delegado, segundo ele, só depois que tiver todo documento em mãos fará maiores esclarecimentos do caso, só antecipou que a finalidade dos explosivos era mesmo para serem utilizados no trabalho do garimpo.

O grande problema que os suspeitos poderão enfrentar diz respeito também ao transporte, já que não é permitido, por outro lado sofre uma rígida fiscalização por ser o principal artefato usado na explosão de caixas eletrônicos, não foi confirmado se essa carga tinha essa finalidade, a Policia Civil deve fazer a investigação para descobrir o verdadeiro destino.

Fonte: Calila Notícias

Clip Léo di Almeida


Valente: PM apreende 1t de dinamite na BA-416; carga foi ocultada com cal

Após denúncia anônima, a Polícia Militar de Valente, no nordeste baiano, localizou uma grande quantidade de dinamite na BA-416, próximo ao município de São Domingos, na altura da antiga fábrica da Via Uno. A carga de explosivos, que segundo informações do site Calila Notícias pesava cerca de 1 tonelada, estava oculta por cal em um caminhão, em uma caminhonete Hilux e em um carro de passeio.
Os responsáveis pelos veículos não apresentaram nota fiscal referente ao material e foram presos pela equipe. Ainda de acordo com o Calila Notícias, parte da carga estava sendo levada para o município de Nordestina, também no nordeste do estado, e o restante estava destinado ao estado do Pará. A PM informou que mesmo que fosse apresentada a nota fiscal, é proibido o transporte de explosivos misturado a outros materiais.
Matéria: Bahia Notícias/Foto: Calila Notícias

Ligações em orelhões da Oi serão gratuitas na Bahia e 14 estados

As ligações locais feitas para telefones fixos em orelhões da Oi na Bahia e outros 14 estados não poderão mais ser cobradas a partir da quarta-feira (15). A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) depois que a operadora não atingiu o patamar mínimo de disponibilidade nestes estados, segundo a agência.
Além de Bahia, a decisão vale para Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe.
A Oi informou que vai cumprir a determinação. "A medida é temporária e permanecerá em vigor até que os patamares de disponibilidade de orelhões nestes estados estejam nos níveis indicados pela Anatel", diz a empresa.
A disponibilidade da planta de orelhões deve ser no mínimo de 90% em todas as Unidades da Federação e no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões. A medição feita pela Anatel em 31 de março descobriu que a Anatel não atingiu este patamar.
Da Redação ( redacao@correio24horas.com.br )
Foto: Reprodução

Veículo capota próximo ao distrito de Pilar, no município de Jaguarari

Um veiculo do sistema FIEB (Federação das indústrias do Estado da Bahia) capotou no final da manhã desta terça-feira, 14 de abril de 2015, na BA-314, próximo ao distrito de Pilar, interior de Jaguarari, deixando os dois ocupantes com escoriações pelo corpo.

Thiago Medeiros de 29 anos e Mauricio Santos de 43 foram socorridos até o Hospital Municipal de Jaguarari em seguida as vítimas foram enviadas para uma unidade hospitalar conveniada do FIEB no Vale do São Francisco.
Fonte: Portal Jaguarari

Homem é preso furtando em loja no centro de Jacobina

Na manhã desta quarta-feira, 15 de abril de 2015, foi apresentado na sede da 16ª Coordenadoria da Polícia Civil, o Diones Cleife Alves Araújo de 33 anos, acusado de furtar produtos na loja J Importados no Centro de Jacobina. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e o conduziu até a Depol. 

Junto com Diones, foram encontradas diversas lanternas e, segundo um dos vendedores, essa é a terceira vez que o acusado leva produtos da empresa. 

Diones já tem passagem por homicídio e, segundo ele, na morte de um comparsa no Bairro da Caixa D'água "Ele veio pra me matar, então era eu ou ele" contou acrescentando que fugiu do flagrante e tempos depois se apresentou com um advogado, prestou esclarecimentos e foi liberado. 

Fonte: Rota 324

Operação da Polícia Militar em Mairi

No fim da tarde desta quarta-feira, 15 de abril de 2015, aconteceu uma operação da Polícia Militar, na cidade de Mairi.

A polícia cercou alguns jovens com suspeita de tráfico de drogas na região do Riacho Cairu. De acordo com a polícia, um jovem consegui fugir e outros três foram abordados.

Os populares ouviram alguns tiros de arma de fogo, mas ninguém ficou ferido. Com os três jovens, a polícia não encontrou drogas.

Dois dos jovens que foram abordados, foram liberados na hora, sendo que apenas um menor suspeito de possuir arma tipo revólver, foi apresentando na delegacia local, sendo liberado em seguida. 


Da redação do Blog Agmar Rios

Moradores de Jaguara bloqueiam Estrada do Feijão por melhorias no distrito

Os moradores do distrito de Jaguara, na zona rural de Feira de Santana, realizaram um protesto na manhã desta quarta-feira (15) na BA-052, conhecida como Estrada do Feijão, no entroncamento com Bonfim de Feira. Os manifestantes bloquearam a pista para pedir melhorias para a comunidade. Eles pedem a construção de uma policlínica e mais ambulâncias. Outros motivos de reclamação são os números crescentes de assaltos e o estado de deterioração da ponta do distrito e da barragem.

“Todas essas demandas estamos reivindicando aqui porque queremos que olhem para nós. Somos uma comunidade carente, necessitados e cidadãos também. Todo mundo aqui trabalha, pai de família, estuda, então queremos ser reconhecidos, queremos ter os nossos direitos”, afirma uma dos moradores do distrito.
De acordo com outra manifestante, Dalva Bufom, a população também pede a instalação de uma torre de comunicação com frequência de rádio para melhorar a troca de informações pela polícia.
Em entrevista ao Acorda Cidade, o secretário de Desenvolvimento Urbano do município, José Pinheiro, informou que após as chuvas a prefeitura realizou uma obra de recuperação do piso da passagem molhada após a barragem, que já foi concluída. Com relação ao asfalto da pista, ele informou que existe um projeto, mas que a obra seria muito cara e é necessário discutir formas de se buscar dinheiro.

“Mas nós estamos com uma máquina dando manutenção na estrada, e no início do mês nós já fizemos o trabalho na estrada do feijão até Jaguara. Infelizmente estrada de chão é isso: quando chove, destrói e a gente tem que estar atento para recuperar”, afirmou o secretário.

As informações e fotos são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Visita Online