Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

12 de mar. de 2016

Ausência de vereadores impede apresentação de denúncia contra a prefeita de São José

A sessão desta sexta-feira, 11 de Março, na cidade de São José do Jacuípe, marcaria a apresentação de mais uma denúncia contra a prefeita Maria Verusia Costa Matos, a popular Verinha, denúncia protocolada na Egrégia casa do povo, em nome de Ingrid Kêmilly Vilaronga Rios, moradora da Travessa da Usina, 43, sede do município. A denúncia trata de conversas registradas no Whatsapp, envolve Eliane de Oliveira Lima da Silva e o secretário da administração geral, Luis Carlos Sousa M. da Silva, o popular Lula e seria apresentada aos pares da casa pela mesa diretora, através do presidente, Jose Oliveira Sousa, conhecido como Zé de Herculano, que precisaria contar com 2/3 dos edis na sessão, contou apenas com cinco representantes: o mesmo, Tonho de Nonó, Quinho, Zé de Tote e Rosemilson. Estiveram ausentes: Genival, Gildásio do requeijão, Gerson, que esteve no recinto, mas não participou da sessão e Aninha de Daniel, que chegou a assinar o livro de presença, mas também não participou da sessão, comportamento que foi registrado em 2015, em decorrência de duas denúncias protocoladas na casa por moradores do município, comportamento que refletiu bastante no seio da população, com sinais de reprovação em pichações, panfletos, mensagens nas redes sociais, na imprensa local e regional.
Texto: Arnaldo Silva: Foto: Facebook da Câmara de Vereadores de São José do Jacuípe.

Jovem que sofreu disparos de arma de fogo em Mairi, morre quando estava sendo transferido

Na noite desta sexta-feira, 11 de março de 2016, por volta das 19h40min, o jovem Edivan Assunção, conhecido como Bocão, filho de Vado da Farinha, sofreu disparos de arma de fogo, em Mairi.

De acordo com informações de populares, homens armados invadiram a casa que ele mora no bairro Tanque da Nação, efetuou os disparos e fugiram sentido ao povoado de Bonsucesso.

Bocão foi socorrido e encaminhado para o hospital local. Por volta das 20h40min ele foi transferido em uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde, mas não resistiu e morreu próximo a Ipirá.

A Polícia Militar acompanhou a ambulância até o contorno de Baixa Grande. A família reclamou por causa da demora na hora da transferência.

A Polícia Militar informou que estava retornando do distrito de Aroeira, encontrou dois jovens em uma moto, usando capacetes, próximo a Mairi, mandou eles pararem, mas os mesmos aceleraram a moto e seguiram.

A polícia manobrou a viatura e perseguiu os suspeitos. Mais na frente, eles abandonaram a moto e fugiram pelo matagal. Os policiais fizeram buscas por perto, mas não localizaram os mesmos.

O corpo de Bocão foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jacobina para ser necropsiado. 

Da redação do Blog Agmar Rios
Bocão


Visita Online