Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

11 de dez. de 2013

Banco do Brasil abre 8.710 vagas para escriturário inclusive para Várzea da Roça

O Banco do Brasil abre 8.710 vagas para escriturário; Vagas para toda a Bahia, inclusive para nossa cidade e região: Várzea da Roça, Baixa Grande, Mairi, Mundo Novo, Ruy Barbosa, Tapiramutá, Caém, Caldeirão Grande, Capim Grosso, Jacobina, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapéu, Piritiba, Ponto Novo, Saúde, Serrolândia, Várzea Nova, Ourolândia, Campo Formoso, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Pindobaçu e Senhor do Bonfim. Todas as chances são para o cargo de escriturário, com salário de R$ 2.043,36 em jornada de trabalho de 30 horas semanais. Interessados poderão se inscrever de 12 de dezembro a 7 de janeiro de 2014, pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa custa R$ 40. Cinco por cento das oportunidades são destinadas a pessoas com deficiência.

MORADORA DE SALAMIM SERROLÂNDIA (BA) LANÇA CAMPANHA PARA AJUDAR OS ATINGIDOS DA CHUVA EM LAJEDINHO (BA)

Os moradores de Lajedinho (BA) foram gravemente atingidos por um temporal no último sábado. Diante da situação, a população necessita de alimentos não perecíveis e roupas, pois quase todos os moradores perderam tudo.
Quem puder colaborar, entregar sua ajuda até dia 15 de dezembro, na casa de Cleide no povoado de Salamim municipio de Serrolândia.Deus abençoe a todos

Durante assalto, mulher atira em um ladrão e mata outro com cinco tiros

Uma cena de filme aconteceu na Orla de Salvador, no fim da manhã desta quarta-feira (11). Uma mulher, que não teve a identidade revelada, saía de um restaurante em Patamares acompanhada dos filhos e de uma amiga quando, ao se aproximar do carro, foi abordada por dois homens que, inicialmente, se passaram por guardadores. Porém, ao tentar entrar no veículo, a mulher foi parada por um dos homens já armado e que pediu a chave do carro. 
Sem reagir de imediato, a vítima entregou a chave e recuou com os filhos e amiga. Quando os homens viraram para entrar no carro, a mulher sacou uma arma da bolsa e disparou cerca de dez tiros. Quatro pegaram no carro dela, um Onix branco. Cinco atingiram um dos ladrões, que caiu de costas e morreu na hora. O outro, segundo testemunhas, foi atingido na barriga e conseguiu fugir.

A mulher foi embora do local e não prestou depoimento à polícia. Os policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que estão no local não sabem ainda dizer se a mulher é polícial civil ou militar, mas confirmam a habilidade da vítima em manusear o revólver e mira dos tiros. 

O corpo do homem que morreu, identificado como Wesklei Santos Oliveira, de 25 anos, ainda está no local sendo periciado. A polícia continua nas buscas pelo foragido.

*Com informações do repórter Valter Lima, da Record Bahia

Fazendeiro doa terreno para reconstrução de bairro em Lajedinho

O prefeito de Lajedinho, na região da Chapada Diamantina, Antônio Mário Lima, afirmou que a área destinada à reconstrução de parte da cidade, destruída após o temporal no último sábado (7), foi doada por um fazendeiro nesta terça-feira (10). Cerca de 250 moradias e 15 pontos de comércio serão construídos na parte alta do município. "É uma área adequada para se fazer o loteamento e isso já vai dando força para vencermos essa batalha", disse ao G1.

Um levantamento topográfico é feito para reestruturar o município. Mas segundo o prefeito, o trecho da cidade que ficou destruído pela enxurrada não será mais habitado para evitar risco de novas tragédias. "Nós vamos fazer um projeto para alargar o rio. Na parte alta não tem problema com a chuva. A chuva atingiu a parte baixa da cidade, onde não será mais nada construído. Até a prefeitura que ficava ao lado do canal vai ser construída na parte alta. O centro de saúde que estava sendo reformado será reconstruído também. Não dá mais para ter uma tragédia como essa", relatou.

Em torno 200 famílias, aproximadamente 800 pessoas, estão desabrigadas. "Estamos trabalhando para ter os dados oficiais. As pessoas estão em casa de parentes, outras em escolas, outras em casas da zona rural. Nós estamos dando apoio com roupas, cestas básicas. A nossa vontade é que a gente coloque essas pessoas cada uma em seu lugar, para que elas tenham a privacidade da família", disse.O prefeito de Lajedinho agradeceu o apoio que tem recebido da sociedade e também dos órgãos públicos. “Estamos emocionados com tanta generosidade do povo brasileiro. Tem chegado doações, tem carreta saindo do Ceará, de São Paulo. É o Brasil inteiro solidário conosco”, diz emocionado. (G1)

Vídeo da Banda Psirico no Bahia Meio Dia  em Homenagem a cidade de Lajedinho

 Fonte: (G1)

Visita Online