Web Rádio Foguinho Eventos Zap (74)99954-6957

8 de jan de 2019

Jacobina: Família do jovem Elton Gomes Vilas Boas pede investigação justa em sua morte

Um membro da família do jovem Elton Gleici Gomes Vilas Boas, 22 anos, que morreu após uma discussão sobre som automotivo no Junco de Jacobina, entrou em contato com a nossa redação, para discordar de alguns pontos relatados pela imprensa e dizer que espera e acredita em uma investigação justa da Polícia Civil, da Corregedoria da Polícia Militar da Bahia e do Ministério Público.

Segundo o texto enviado, na confusão ocorrida no Junco não houve 'poluição sonora e perturbação do sossego', pois o fato ocorreu em uma praça, onde também ocorrida a apresentação de um grupo musical (veja clicando AQUI!). No local, a Guarda Municipal teria interpelado o tio de Elton, para que desligasse o som do seu veículo Ranger e o próprio Elton teria desligado o som do carro. Em seguida, houve uma discussão e briga corporal entre Genildo e a Guarda Municipal, que não conseguiu dete-lo para apresenta-lo na delegacia, procedimento que deveria ter ocorrido.
Ainda segundo o texto, após estarem todos com os ânimos refeitos, o tio de Elton deixou o local e seguiu por uma estrada vicinal para Capim Grosso, com cortes no rosto onde iria buscar atendimento na UPA 24h da cidade. No caminho, Elton, seu tio e uma amiga teriam encontrado um carro com luz alta, sendo recebidos a tiros, antes da chegada no 'tal bloqueio' relatado em uma matéria enviada para a imprensa pela Rondesp (veja clicando AQUI!).
A família afirma que não houve troca de tiros, que não existia arma dentro do veículo Ranger onde Elton seguia e acredita em uma sequência de erros nas ações da Guarda Municipal e Rondesp.
Os resultados de exames residuográficos, para detectar vestígios de pólvora nos ocupantes da Ranger foram solicitados e a família comovida aguarda o resultado final da investigação. 

Fonte: Augusto Urgente

Nenhum comentário:

Tabela do Campeonato Brasileiro Serie A 2018.

Visita Online